MPLA apela à participação massiva dos cidadãos no processo de registo eleitoral

  • Secretário Geral do MPLA, Paulo Pombolo
Luanda - O Secretariado do Bureau Político (BP) do MPLA apelou, esta quinta-feira, à participação massiva dos cidadãos no processo de registo eleitoral, tendo em vista a realização das próximas Eleições Gerais.

Segundo o comunicado final da 17ª reunião ordinária, orientada pelo secretário-geral do partido, Paulo Pombolo, os membros do Secretariado do BP saudaram o início, esta quinta-feira, do processo de registo eleitoral oficioso, que prevê recensear todos os cidadãos com capacidade eleitoral activa, durante seis meses.

Durante a reunião, os membros do Secretariado do Bureau Político analisaram questões da vida interna, tendo apreciado o processo orgânico do VIII congresso ordinário do MPLA a nível de Luanda, especificamente sobre a realização das conferências municipais, aprazadas para os dias 24 e 25 de Setembro do ano em curso.

O Secretariado do Bureau Político apreciou o memorando sobre a avaliação de desempenho eleitoral do MPLA nas províncias de Luanda e da Lunda Sul, a proposta de soluções para os próximos desafios políticos e eleitorais, bem como o documento sobre o ponto de situação do processo de gestão e acompanhamento das substituições e renovação dos comissários eleitorais indicados pelo partido.

Os membros do órgão executivo do MPLA debruçaram-se sobre outros assuntos relativos ao VIII congresso ordinário do partido, nomeadamente a agenda e o programa geral de trabalho, o regulamento interno e a presidência das comissões, assim como a acta síntese do encontro sobre a avaliação das condições sanitárias e de bio-segurança para a realização do conclave.

Na reunião foram ainda analisadas matérias sobre a realização das conferências provinciais ordinárias, assim como outras questões da vida interna, para além da situação política, económica e social do país.

Segundo o comunicado final da 17ª reunião ordinária, orientada pelo secretário-geral do partido, Paulo Pombolo, os membros do Secretariado do BP saudaram o início, esta quinta-feira, do processo de registo eleitoral oficioso, que prevê recensear todos os cidadãos com capacidade eleitoral activa, durante seis meses.

Durante a reunião, os membros do Secretariado do Bureau Político analisaram questões da vida interna, tendo apreciado o processo orgânico do VIII congresso ordinário do MPLA a nível de Luanda, especificamente sobre a realização das conferências municipais, aprazadas para os dias 24 e 25 de Setembro do ano em curso.

O Secretariado do Bureau Político apreciou o memorando sobre a avaliação de desempenho eleitoral do MPLA nas províncias de Luanda e da Lunda Sul, a proposta de soluções para os próximos desafios políticos e eleitorais, bem como o documento sobre o ponto de situação do processo de gestão e acompanhamento das substituições e renovação dos comissários eleitorais indicados pelo partido.

Os membros do órgão executivo do MPLA debruçaram-se sobre outros assuntos relativos ao VIII congresso ordinário do partido, nomeadamente a agenda e o programa geral de trabalho, o regulamento interno e a presidência das comissões, assim como a acta síntese do encontro sobre a avaliação das condições sanitárias e de bio-segurança para a realização do conclave.

Na reunião foram ainda analisadas matérias sobre a realização das conferências provinciais ordinárias, assim como outras questões da vida interna, para além da situação política, económica e social do país.