Detido ex-delegado das Finanças por desvio de dinheiro

  • Porta Voz do Sic no Cunene, Intendente José Coimbra   Pedro Manuel
Ondjiva – O ex-delegado das Finanças na província do Cunene (2017 a 2020), César Lucas, foi detido, terça-feira, em Ondjiva, pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC), acusado de ter desviado 45 milhões de kwanzas do Estado.

César Lucas é ainda acusado, no processo 670/2021, dos crimes de peculato, participação económica em negócio, abuso de poder, associação criminosa e branqueamento de capitais.

Além do antigo delegado das Finanças, respondendo no mesmo processo, está detido o chefe de departamento de Contabilidade, Património e Tesouro, João Siculino.

A informação foi prestada quarta-feira à imprensa, pelo porta-voz do SIC no Cunene, intendente José Coimbra, referindo que há fortes indícios do desvio do dinheiro.

Explicou que no mesmo dia, depois de serem ouvidos, os acusados foram encaminhados à cadeia do Centro Prisional do Peu-Peu, localizado no município de Ombadja, a 123 quilômetros da cidade de Ondjiva, capital da província.

César Lucas é ainda acusado, no processo 670/2021, dos crimes de peculato, participação económica em negócio, abuso de poder, associação criminosa e branqueamento de capitais.

Além do antigo delegado das Finanças, respondendo no mesmo processo, está detido o chefe de departamento de Contabilidade, Património e Tesouro, João Siculino.

A informação foi prestada quarta-feira à imprensa, pelo porta-voz do SIC no Cunene, intendente José Coimbra, referindo que há fortes indícios do desvio do dinheiro.

Explicou que no mesmo dia, depois de serem ouvidos, os acusados foram encaminhados à cadeia do Centro Prisional do Peu-Peu, localizado no município de Ombadja, a 123 quilômetros da cidade de Ondjiva, capital da província.