Portugal: Restos mortais de Leda Neto seguem sexta-feira para Luanda

  • Leda Neto, filha do primeiro Presidente de Angola, António Agostinho Neto
Lisboa (Da correspondente) - Os restos mortais da filha mais nova do primeiro Presidente de Angola, António Agostinho Neto, Leda da Silva Neto, serão transladados para Luanda, na sexta-feira (9).

O avião particular que levará o corpo de Leda Neto sai de Lisboa às 21h30 de sexta-feira, estando a sua chegada a Luanda prevista para sábado (10) de manhã, de acordo com uma fonte familiar.

Falecida na madrugada de 20 de Março, vítima de doença, Leda da Silva Neto encontrava-se em tratamento médico no Hospital da Luz, em Lisboa (Portugal).

Filha de António Agostinho Neto e de Maria Eugénia Neto, Leda da Silva Neto nasceu no dia 5 de Janeiro de 1964, em Brazzaville, capital da República do Congo.

Na época, os seus pais encontravam-se a viver naquele país, devido a luta política pela independência de Angola.

O avião particular que levará o corpo de Leda Neto sai de Lisboa às 21h30 de sexta-feira, estando a sua chegada a Luanda prevista para sábado (10) de manhã, de acordo com uma fonte familiar.

Falecida na madrugada de 20 de Março, vítima de doença, Leda da Silva Neto encontrava-se em tratamento médico no Hospital da Luz, em Lisboa (Portugal).

Filha de António Agostinho Neto e de Maria Eugénia Neto, Leda da Silva Neto nasceu no dia 5 de Janeiro de 1964, em Brazzaville, capital da República do Congo.

Na época, os seus pais encontravam-se a viver naquele país, devido a luta política pela independência de Angola.