Cuando Cubango conta com Tribunal de Comarca pela primeira vez

Menongue – A cidade de Menongue, capital do Cuando Cubango, conta desde hoje com os serviços do Tribunal de Comarca, o primeiro a ser implementado nesta província.

A cerimónia do acto de entrada em funcionamento desta instituição foi orientada pelo venerando juiz conselheiro presidente do Tribunal Supremo, Joel Leonardo.

O Tribunal de Comarca de Menongue tem como presidente o juiz Jones Paulo. Nesta primeira etapa vai atender também o município do Cuchi.

Este é primeiro dos três tribunais a serem implementados no Cuando Cubango. Posteriormente entrarão em funcionamento o do Cuito Cuanavale, que atenderá também os municípios do Nankova, Mavinga e Rivungo, e do Cuangar, que abrangerá os municípios fronteiriços com a Namíbia, designadamente Cuangar e Dirico.

Na ocasião, o juiz Joel Leonardo agradeceu as autoridades do Governo do Cuando Cubango pela concretização da implementação do tribunal, já que vai aproximar a justiça dos cidadãos.

Nesta perspectiva, augurou que a população encontre, por parte dos magistrados e dos funcionários, a prontidão, eficácia e a celeridade na resolução dos seus problemas.

Por seu turno, o juiz Jones Paulo garantiu dar o seu máximo, respeitando as leis, em benefício das populações.

O governador da província do Cuando Cubango, Júlio Bessa, disse que vão continuar a trabalhar para a implementação de outros tribunais nessa região, para que a justiça fica mais próximo do cidadão.

Testemunharam a cerimónia o vice -procurador-geral da República, Mota Liz, membros do Conselho Superior da Magistratura, membros do governo, entre outros convidados.

A cerimónia do acto de entrada em funcionamento desta instituição foi orientada pelo venerando juiz conselheiro presidente do Tribunal Supremo, Joel Leonardo.

O Tribunal de Comarca de Menongue tem como presidente o juiz Jones Paulo. Nesta primeira etapa vai atender também o município do Cuchi.

Este é primeiro dos três tribunais a serem implementados no Cuando Cubango. Posteriormente entrarão em funcionamento o do Cuito Cuanavale, que atenderá também os municípios do Nankova, Mavinga e Rivungo, e do Cuangar, que abrangerá os municípios fronteiriços com a Namíbia, designadamente Cuangar e Dirico.

Na ocasião, o juiz Joel Leonardo agradeceu as autoridades do Governo do Cuando Cubango pela concretização da implementação do tribunal, já que vai aproximar a justiça dos cidadãos.

Nesta perspectiva, augurou que a população encontre, por parte dos magistrados e dos funcionários, a prontidão, eficácia e a celeridade na resolução dos seus problemas.

Por seu turno, o juiz Jones Paulo garantiu dar o seu máximo, respeitando as leis, em benefício das populações.

O governador da província do Cuando Cubango, Júlio Bessa, disse que vão continuar a trabalhar para a implementação de outros tribunais nessa região, para que a justiça fica mais próximo do cidadão.

Testemunharam a cerimónia o vice -procurador-geral da República, Mota Liz, membros do Conselho Superior da Magistratura, membros do governo, entre outros convidados.