UNITA pede contribuição da população na resolução dos problemas de Luanda

Luanda - O secretário da UNITA em Luanda, Manuel da Costa Ekuikui, pediu, este sábado, a contribuição da população na resolução dos problemas da província, tais como a pobreza, a prostituição, a delinquência e o lixo.

Falando num acto de massas alusivo ao 55º aniversário da UNITA, no município do Cazenga, em Luanda, o político pediu também a contribuição de todos para o fortalecimento da democracia em Angola.

Sublinhou que o  princípio de entrega e coragem de todos resolverem os problemas básicos pode reduzir significativamente a existência de  musseques, da prostituição e da delinquência em Luanda.

Durante a celebração da efeméride, sob o lema “UNITA 55 anos firmes na mobilização dos patriotas para alternância do poder”, Manuel Ekuikui salientou que o seu partido conhece as dificuldades da população, que disse enfrentar vários problemas, incluindo o analfabetismo.

Apelou às autoridades de Luanda no sentido de resolverem o problema do lixo, para evitar consequências à saúde pública, bem como defendeu a realização das autarquias locais, considerando que elas podem gerar desenvolvimento e competitividade.

Falando num acto de massas alusivo ao 55º aniversário da UNITA, no município do Cazenga, em Luanda, o político pediu também a contribuição de todos para o fortalecimento da democracia em Angola.

Sublinhou que o  princípio de entrega e coragem de todos resolverem os problemas básicos pode reduzir significativamente a existência de  musseques, da prostituição e da delinquência em Luanda.

Durante a celebração da efeméride, sob o lema “UNITA 55 anos firmes na mobilização dos patriotas para alternância do poder”, Manuel Ekuikui salientou que o seu partido conhece as dificuldades da população, que disse enfrentar vários problemas, incluindo o analfabetismo.

Apelou às autoridades de Luanda no sentido de resolverem o problema do lixo, para evitar consequências à saúde pública, bem como defendeu a realização das autarquias locais, considerando que elas podem gerar desenvolvimento e competitividade.