UNITA rejeita Lei Orgânica das Eleições Gerais

  • Bandeira do Partido Político UNITA
Luanda – O Grupo Parlamentar da UNITA divulgou hoje uma declaração de voto sobre o Projecto de Alteração à Lei Orgânica das Eleições Gerais

O Projecto de Alteração à Lei Orgânica das Eleições Gerais mereceu 126 votos favoráveis, 52 contra (UNITA, CASA-CE e PRS) e uma abstenção (FNLA).

No comunicado, a UNITA argumenta que a sua posição tem a ver com a defesa da transparência, verdade eleitoral e credibilidade.

A UNITA rejeita a Lei Orgânica das Eleições Gerais, por considerar que não está em conformidade com os fundamentos da República de Angola.

O Projecto de Alteração à Lei Orgânica das Eleições Gerais mereceu 126 votos favoráveis, 52 contra (UNITA, CASA-CE e PRS) e uma abstenção (FNLA).

No comunicado, a UNITA argumenta que a sua posição tem a ver com a defesa da transparência, verdade eleitoral e credibilidade.

A UNITA rejeita a Lei Orgânica das Eleições Gerais, por considerar que não está em conformidade com os fundamentos da República de Angola.