Vice-PR atende apelo da família de angolana em São Tomé

  • Vice-presidente da República, Bornito de Sousa
Luanda - O Vice-Presidente da República, Bornito de Sousa, orientou, nesta quarta-feira, o repatriamento da cidadã angolana Jeanne Bravo da Costa, que se encontra doente em São Tomé e Príncipe e a carecer de assistência médica especial.

De acordo com uma nota a que a ANGOP teve acesso, trata-se de uma parturiente cujo estado de saúde exige cuidados e assistência mais especializada.

"Face ao crítico estado de saúde da paciente (falência orgânica múltipla), os médicos que a acompanham, em São Tomé, recomendaram que fosse transportada em um avião-hospital, sob pena de agravar o já frágil estado de saúde", lê-se na nota. 

Foram, ainda, dadas indicações para o acompanhamento da situação e para que sejam feitas todas as diligências, a fim de estabilizar o quadro clínico da paciente e, acto contínuo, proceder-se a sua evacuação urgente.

Bornito de Sousa foi alertado sobre a situação terça-feira, 24, durante a visita de trabalho a São Tomé.

O  Vice-Presidente da República, que se encontrava naquela cidade para prestar homenagem ao antigo presidente do parlamento santomense, falecido recentemente, colocou à disposição uma aeronave para transportar a cidadã angolana a fim de ser assistida em Luanda.

Já foi enviada uma aeronave àquele país para trazer a paciente para Angola.

De acordo com uma nota a que a ANGOP teve acesso, trata-se de uma parturiente cujo estado de saúde exige cuidados e assistência mais especializada.

"Face ao crítico estado de saúde da paciente (falência orgânica múltipla), os médicos que a acompanham, em São Tomé, recomendaram que fosse transportada em um avião-hospital, sob pena de agravar o já frágil estado de saúde", lê-se na nota. 

Foram, ainda, dadas indicações para o acompanhamento da situação e para que sejam feitas todas as diligências, a fim de estabilizar o quadro clínico da paciente e, acto contínuo, proceder-se a sua evacuação urgente.

Bornito de Sousa foi alertado sobre a situação terça-feira, 24, durante a visita de trabalho a São Tomé.

O  Vice-Presidente da República, que se encontrava naquela cidade para prestar homenagem ao antigo presidente do parlamento santomense, falecido recentemente, colocou à disposição uma aeronave para transportar a cidadã angolana a fim de ser assistida em Luanda.

Já foi enviada uma aeronave àquele país para trazer a paciente para Angola.