Vice-presidente deixa Portugal de regresso a Angola  

  • Vice-Presidente da Republica, Bornito de Sousa
Luanda – O vice-presidente da República, Bornito de Sousa, deixou já a capital portuguesa, Lisboa, de regresso ao país, depois de ter participado na cerimónia fúnebre do antigo Presidente de Portugal, Jorge Sampaio.

De acordo com uma nota da representação diplomática angolana naquele país, acompanhado pela esposa e por membros do seu gabinete, o vice-presidente recebeu cumprimentos de despedida do Embaixador de Angola em Portugal, Carlos Alberto Fonseca.

Durante a sua estadia na capital lusa, Bornito de Sousa foi ainda recebido pelo Presidente Marcelo Rebelo de Sousa, a quem fez a entrega de uma mensagem do Chefe de Estado angolano, João Lourenço.

O antigo Presidente de Portugal, Jorge Sampaio, morreu a 10 do corrente, aos 81 anos, depois do agravamento do seu estado de saúde.

Jorge Fernando Branco de Sampaio, que nasceu em Lisboa em 1939, foi Presidente da República durante dois mandatos, entre 1996 e 2006. Em 1989, foi eleito líder do Partido Socialista e na mesma altura eleito presidente da Câmara de Lisboa, tendo sido reeleito em 1993.

Após a passagem pela Presidência da República, foi nomeado em 2006 pelo secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU) enviado especial para a Luta contra a Tuberculose e entre 2007 e 2013 foi Alto Representante da ONU para a Aliança das Civilizações.

Já mais recentemente, presidia à Plataforma Global para os Estudantes Sírios, fundada por si em 2013 com o objectivo de contribuir para dar resposta à emergência académica que o conflito na Síria criara, deixando milhares de jovens para trás, sem acesso à educação.

De acordo com uma nota da representação diplomática angolana naquele país, acompanhado pela esposa e por membros do seu gabinete, o vice-presidente recebeu cumprimentos de despedida do Embaixador de Angola em Portugal, Carlos Alberto Fonseca.

Durante a sua estadia na capital lusa, Bornito de Sousa foi ainda recebido pelo Presidente Marcelo Rebelo de Sousa, a quem fez a entrega de uma mensagem do Chefe de Estado angolano, João Lourenço.

O antigo Presidente de Portugal, Jorge Sampaio, morreu a 10 do corrente, aos 81 anos, depois do agravamento do seu estado de saúde.

Jorge Fernando Branco de Sampaio, que nasceu em Lisboa em 1939, foi Presidente da República durante dois mandatos, entre 1996 e 2006. Em 1989, foi eleito líder do Partido Socialista e na mesma altura eleito presidente da Câmara de Lisboa, tendo sido reeleito em 1993.

Após a passagem pela Presidência da República, foi nomeado em 2006 pelo secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU) enviado especial para a Luta contra a Tuberculose e entre 2007 e 2013 foi Alto Representante da ONU para a Aliança das Civilizações.

Já mais recentemente, presidia à Plataforma Global para os Estudantes Sírios, fundada por si em 2013 com o objectivo de contribuir para dar resposta à emergência académica que o conflito na Síria criara, deixando milhares de jovens para trás, sem acesso à educação.