Vice-presidente deixa São Tomé

São Tomé (Do enviado especial) - O Vice-presidente da República, Bornito de Sousa, já deixou São Tomé, de regresso a Luanda, depois de ter participado nas cerimónias fúnebres do antigo presidente da Assembleia Nacional daquele país, Alcino Pinto.

Na cerimónia, que decorreu no Palácio dos Congressos, na capital são-tomense, o Vice-presidente representou o Chefe de Estado angolano, João Lourenço.

Além de participar na homenagem ao político são-tomense, falecido na última quinta-feira (19), aos 64 anos de idade, Bornito de Sousa foi portador de uma mensagem do Presidente da República, João Lourenço, ao seu homólogo são-tomense, Evaristo Carvalho.

O governante angolano manteve, ainda, um encontro com o Primeiro-ministro e Chefe do Governo de São Tomé, Jorge Bom Jesus, e com o presidente da Assembleia Nacional de São Tomé, Delfim Neves.

Durante a sua estadia no arquipélago, o Vice-presidente da República dialogou, também, com o ex-Presidente da República Democrática de São Tomé e Príncipe, Pinto da Costa.

Na cerimónia, que decorreu no Palácio dos Congressos, na capital são-tomense, o Vice-presidente representou o Chefe de Estado angolano, João Lourenço.

Além de participar na homenagem ao político são-tomense, falecido na última quinta-feira (19), aos 64 anos de idade, Bornito de Sousa foi portador de uma mensagem do Presidente da República, João Lourenço, ao seu homólogo são-tomense, Evaristo Carvalho.

O governante angolano manteve, ainda, um encontro com o Primeiro-ministro e Chefe do Governo de São Tomé, Jorge Bom Jesus, e com o presidente da Assembleia Nacional de São Tomé, Delfim Neves.

Durante a sua estadia no arquipélago, o Vice-presidente da República dialogou, também, com o ex-Presidente da República Democrática de São Tomé e Príncipe, Pinto da Costa.