Expulsos mais de 300 estrangeiros por violação de fronteira

Mbanza Kongo – Trezentos e 20 cidadãos da República Democrática do Congo (RDC) foram expulsos, nos últimos sete dias, pela Polícia de Guarda Fronteira na província do Zaire, por violação do perímetro fronteiriço que delimita os dois países vizinhos

Segundo uma nota do comunicado de imprensa do Comando Provincial do Zaire da Polícia Nacional a que a Angop teve acesso,  durante o período em análise foram notificados 39 casos de violação de fronteira terrestre, marítima e fluvial nos municípios de Mbanza Kongo, Nóqui e Soyo.

A expulsão, lê-se na nota, ocorreu nos postos fronteiriços terrestres do Luvo (Mbanza Kongo), Kinsende (Nóqui), Buela (Cuimba) e fluviais do Luamba, Tudilua e Mbubu, no município do Soyo.

No mesmo período em balanço, acrescenta o comunicado, foram detidos dois cidadãos nacionais acusados de auxílio à imigração ilegal, cujos processos correm seus trâmites legais junto das entidades competentes.

Adianta que foram também apreendidos, nos últimos dias, no município do Soyo, sete mil e 750 litros de combustível por presumível contrabando para a República Democrática do Congo (RDC).

A apreensão foi feita nos canais fluviais do Muila Nsengue, Kimpondo e Zulu, pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC).