CNE pede rigor a novos comissários

  • Presidente da CNE, Manuel da Silva (arquivo)
Mbanza Kongo – O presidente da Comissão Nacional Eleitoral (CNE), Manuel da Silva Pereira, solicitou, esta terça-feira, em Mbanza Kongo, província do Zaire, aos novos comissários provinciais, a observância rigorosa dos princípios da isenção, independência, transparência e imparcialidade.

O responsável falava durante a cerimónia de tomada de posse de três novos comissários do partido UNITA e designados pela Assembleia Nacional, através da resolução nº59/21, de 19 de Agosto.

Trata-se de João Miguel Nsuka, Nunes Nkuku a Nkosi e Kutantua Kiaku.

Reforçou a necessidade dos membros da CNE e dos órgãos locais que, no exercício das suas funções, defender e preservar a imagem e o bom nome da instituição.

A Comissão Provincial Eleitoral no Zaire, conta com 17 membros, incluído o seu presidente.

Deste número, nove são indicados pelo MPLA, quatro pela UNITA, ao passo que os partidos PRS, FNLA e a coligação CASA-CE contam com um comissário cada.

 

O responsável falava durante a cerimónia de tomada de posse de três novos comissários do partido UNITA e designados pela Assembleia Nacional, através da resolução nº59/21, de 19 de Agosto.

Trata-se de João Miguel Nsuka, Nunes Nkuku a Nkosi e Kutantua Kiaku.

Reforçou a necessidade dos membros da CNE e dos órgãos locais que, no exercício das suas funções, defender e preservar a imagem e o bom nome da instituição.

A Comissão Provincial Eleitoral no Zaire, conta com 17 membros, incluído o seu presidente.

Deste número, nove são indicados pelo MPLA, quatro pela UNITA, ao passo que os partidos PRS, FNLA e a coligação CASA-CE contam com um comissário cada.