Covid-19: Quadro epidemiológico nacional

  • Covid19: Província do Cunene  ganha Hospital Campanha
Luanda – Com um total de 12 mil e 566 casos positivos de Covid-19, registados desde Março de 2020 até à presente data, Luanda ainda continua a ser o epicentro desta pandemia e a única província com circulação comunitária do vírus Sars-Cov-2 em Angola.

Desse acumulado de infectados na capital do país, 3.776 são doentes activos, 8.472 recuperados e 307 mortos, segundo o Boletim Epidemiológico Nacional divulgado este domingo pela Comissão Multissectorial de Prevenção e Combate à Covid-19.

Na lista das 18 províncias afectadas pela Covid-19 em Angola, Benguela segue Luanda, com um cumulativo de 700 casos positivos, dos quais 234 activos, 445 recuperados e 21 óbitos.

Imediatamente vem a província de Cabinda, com 670 infectados, sendo 581 activos, 83 recuperados e seis óbitos, enquanto Zaire soma 582 doentes: 271 activos, 295 recuperações e 16 mortes.

Cuanza Norte regista 401 casos, sendo 370 activos, 30 recuperados e um óbito, seguido do Cuanza Sul, que acumula 374 infectados, com 82 activos, 289 curados e três mortes.

Segue-se a província da Huíla com 368 casos, dos quais 95 activos, 263 recuperados e 10 óbitos, enquanto Huambo tem um total de 339 doentes, sendo que 110 pessoas são activos, 222 estão livres do vírus e sete perderam a vida.

Com o registo de 232 infectados está a província de Malanje, que contabiliza 104 doentes activos, 124 recuperados e quatro óbitos; seguida da Lunda Norte, que soma 220 casos, sendo 152 activos, 65 curados e três fatalidades.

Depois, aparece a província do Namibe com 210 casos, dos quais três activos, 202 recuperados e cinco óbitos. A Lunda Sul segue com 206 infectados, sendo 75 activos, 129 recuperações e duas mortes.

Cunene soma 190 casos, sendo 27 activos, 161 recuperações e dois óbitos, enquanto Uíge tem 173 infectados, com 37 activos, 124 curados e 12 mortes. A província do Moxico contabiliza 168 doentes, com 33 activos, 132 recuperados e três mortes, seguido do Cuando Cubango, que tem 119 casos, 10 activos, 105 recuperados e quatro óbitos.

Bié, apesar de ser a única província do país sem registo de morte por Covid-19 até ao momento, tem um total de 96 infectados, sendo 46 activos e 50 recuperados.

Finalmente, a província do Bengo é a região com menos casos positivos em Angola, somando 28 doentes, dos quais 15 activos, 11 recuperados e dois óbitos.

Com esses dados, o país soma um total de 17.642 infectados: 11 mil e 223 pessoas já recuperaram dessa pandemia, seis mil e 11 ainda estão na fase activa, enquanto 408 perderam a vida,

 

Desse acumulado de infectados na capital do país, 3.776 são doentes activos, 8.472 recuperados e 307 mortos, segundo o Boletim Epidemiológico Nacional divulgado este domingo pela Comissão Multissectorial de Prevenção e Combate à Covid-19.

Na lista das 18 províncias afectadas pela Covid-19 em Angola, Benguela segue Luanda, com um cumulativo de 700 casos positivos, dos quais 234 activos, 445 recuperados e 21 óbitos.

Imediatamente vem a província de Cabinda, com 670 infectados, sendo 581 activos, 83 recuperados e seis óbitos, enquanto Zaire soma 582 doentes: 271 activos, 295 recuperações e 16 mortes.

Cuanza Norte regista 401 casos, sendo 370 activos, 30 recuperados e um óbito, seguido do Cuanza Sul, que acumula 374 infectados, com 82 activos, 289 curados e três mortes.

Segue-se a província da Huíla com 368 casos, dos quais 95 activos, 263 recuperados e 10 óbitos, enquanto Huambo tem um total de 339 doentes, sendo que 110 pessoas são activos, 222 estão livres do vírus e sete perderam a vida.

Com o registo de 232 infectados está a província de Malanje, que contabiliza 104 doentes activos, 124 recuperados e quatro óbitos; seguida da Lunda Norte, que soma 220 casos, sendo 152 activos, 65 curados e três fatalidades.

Depois, aparece a província do Namibe com 210 casos, dos quais três activos, 202 recuperados e cinco óbitos. A Lunda Sul segue com 206 infectados, sendo 75 activos, 129 recuperações e duas mortes.

Cunene soma 190 casos, sendo 27 activos, 161 recuperações e dois óbitos, enquanto Uíge tem 173 infectados, com 37 activos, 124 curados e 12 mortes. A província do Moxico contabiliza 168 doentes, com 33 activos, 132 recuperados e três mortes, seguido do Cuando Cubango, que tem 119 casos, 10 activos, 105 recuperados e quatro óbitos.

Bié, apesar de ser a única província do país sem registo de morte por Covid-19 até ao momento, tem um total de 96 infectados, sendo 46 activos e 50 recuperados.

Finalmente, a província do Bengo é a região com menos casos positivos em Angola, somando 28 doentes, dos quais 15 activos, 11 recuperados e dois óbitos.

Com esses dados, o país soma um total de 17.642 infectados: 11 mil e 223 pessoas já recuperaram dessa pandemia, seis mil e 11 ainda estão na fase activa, enquanto 408 perderam a vida,