Covid-19: Síntese Nacional

Luanda – Angola registou, até às 19 horas de quinta-feira, o maior número de recuperados por Covid-19, com o balanço de 439 pacientes livres da doença.

 

Deste número, 280 estão em Luanda, 120 no Cuanza Sul, 27 no Cunene, cinco em Benguela e igual número na Lunda Sul. Os recuperados estão na faixa etária de um a 63 anos.

Os 120 pacientes recuperados na província do Cuanza Sul estão relacionados com os casos examinados no Instituto Nacional de Petróleos.

As autoridades sanitárias registaram 212 novos casos,  na faixa etária dos cinco meses de vida aos 83 anos, sendo 147 homens e 65 mulheres.

Dos novos doentes,  168 estão  em Luanda, 23 no Cuando Cubango, nove no Namibe, seis no Moxico.

A província de Cabinda registou  a morte de um angolano, com 31 anos.

Os laboratórios processaram 3.404 amostras na base da biologia molecular, com uma taxa de positividade de 6.9 por cento.

Os centros de quarentena institucional controlam 391 cidadãos e registaram a saída de 11, dos quais oito em Malanje e três no Uíge. Permanecem sob vigilância epidemiológica 4.378 pessoas.

A Equipa de Saúde Mental e Intervenção Psico-social assistiu 81 utentes, 136 técnicos de saúde e 51 famílias de utentes. Por sua vez, 99 pessoas receberam apoio psicológico e 95 recorreram ao Centro Integrado de Segurança Pública (CISP) a solicitarem informação sobre a Covid-19.

Angola regista 14.134 casos positivos, com 333 óbitos, 7.062 recuperados e 6.739 activos. Dos activos, sete estão em estado crítico com ventilação mecânica invasiva, 11 graves, 189 moderados, 237 com sintomas leves e 6.295 assintomáticos.