Covid-19: Síntese Nacional

Luanda – As autoridades sanitárias registaram, até às 19 horas de quarta-feira, 79 novos casos, 73 recuperados e dois mortos.

Dos novos infectados, 46 são homens e 33 são mulheres, na faixa etária de um a 78 anos.

Deste grupo dos 79 novos pacientes,  67 são da província de Luanda, cinco do Huambo, quatro da Lunda Sul, Cabinda, Lunda Norte e Uíge contam com um paciente cada. 

A província do Zaire reportou a morte de dois doentes, sendo um homem e uma mulher, de 36 e 79 anos.

Dos recuperados, 29 são de Malanje, 18 no Uíge, 15 em Luanda, nove no Cuanza Sul e três no Namibe, com as idades que variam de dois a 70 anos.

Os laboratórios processaram 3.229 amostras por RT-PCR, com uma taxa de positividade de 2,3 por cento.

Foram, igualmente, testadas 23 pessoas com teste rápido (antígenos), das quais cinco testaram positivo.

Os centros de quarentena institucional controlam 397 pessoas e 10 deixaram os centros, sendo sete na Huíla e três no Cuando Cubango.

As autoridades vigiam 4.174 pessoas e 378 pacientes encontram-se internados nas diversas unidades sanitárias do país.

A Equipa de Saúde Mental e Intervenção Psico-social assistiu 17 utentes, 63 técnicos de saúde, 84 famílias e 68 pessoas pela Linha de Apoio Psicológico.

O Centro Integrado de Segurança Pública (CISP) recebeu 59 chamadas relacionadas com pedidos de informação sobre à Covid-19 e uma denuncia  de caso suspeito.

Angola contabiliza 14.821 casos positivos, com 340 óbitos, 7.517 recuperados e 6.974 activos. Dos activos, cinco são críticos, 14 graves, 175 moderados, 185 leves e 6.586 assintomáticos.

 

Dos novos infectados, 46 são homens e 33 são mulheres, na faixa etária de um a 78 anos.

Deste grupo dos 79 novos pacientes,  67 são da província de Luanda, cinco do Huambo, quatro da Lunda Sul, Cabinda, Lunda Norte e Uíge contam com um paciente cada. 

A província do Zaire reportou a morte de dois doentes, sendo um homem e uma mulher, de 36 e 79 anos.

Dos recuperados, 29 são de Malanje, 18 no Uíge, 15 em Luanda, nove no Cuanza Sul e três no Namibe, com as idades que variam de dois a 70 anos.

Os laboratórios processaram 3.229 amostras por RT-PCR, com uma taxa de positividade de 2,3 por cento.

Foram, igualmente, testadas 23 pessoas com teste rápido (antígenos), das quais cinco testaram positivo.

Os centros de quarentena institucional controlam 397 pessoas e 10 deixaram os centros, sendo sete na Huíla e três no Cuando Cubango.

As autoridades vigiam 4.174 pessoas e 378 pacientes encontram-se internados nas diversas unidades sanitárias do país.

A Equipa de Saúde Mental e Intervenção Psico-social assistiu 17 utentes, 63 técnicos de saúde, 84 famílias e 68 pessoas pela Linha de Apoio Psicológico.

O Centro Integrado de Segurança Pública (CISP) recebeu 59 chamadas relacionadas com pedidos de informação sobre à Covid-19 e uma denuncia  de caso suspeito.

Angola contabiliza 14.821 casos positivos, com 340 óbitos, 7.517 recuperados e 6.974 activos. Dos activos, cinco são críticos, 14 graves, 175 moderados, 185 leves e 6.586 assintomáticos.