Covid-19: Síntese Nacional

Luanda - O país notificou, até às 19 horas, 121 novas infecções, quatro óbitos e 100 pacientes recuperados.

Os óbitos, dois foram reportados em  Cabinda, um em Luanda e um no Moxico, envolvendo um cidadão do sexo masculino e três do sexo feminino, com as idades que variam de 26 a 65 anos.

Dos recuperados, 88 são da província de Benguela, seis do Moxico, três de Malanje, dois do Bié e um de Luanda.

As novas infecções, 51 estão em Luanda, 27 em Cabinda, 25 na Lunda Sul, sete na Lunda Norte, seis no Moxico, três no Zaire e dois em Benguela. Deste grupo, 82 são homens e 39 mulheres, na faixa etária de oito meses de vida a 72 anos.

Os laboratórios processaram 2.617 amostras na base da biologia molecular, com uma taxa diária de positividade de 4,1 por cento.

Foram igualmente realizados 1.833 testes rápidos por Antígenio, dos quais 14 foram positivos e 1.819 negativos, com uma taxa diária de 0,8 por cento.

As autoridades registaram a saída de 44 pessoas nos centros de tratamento da Covid~19, sob vigilância epidemiológica estão 4.325 pessoas e 248 permanecem nos centros de quarentena Institucionais.

Dezasseis utentes, 48 técnicos de saúde e 178 famílias de utentes foram assistidos pela Equipa de Saúde Mental e de Intervenção Psico-social e 13 utentes receberam apoio psicologico.

O Centro Integrado de Segurança Pública (CISP) recebeu 62 chamadas, das quais uma denúncia de violação de Estado de Calamidade.

Angola contabiliza 15.925 casos positivos, com 362 óbitos, 8.679  recuperados e 6.884   activos. Dos activos, sete estão em estado crítico com ventilação mecânica invasiva, sete graves, 90 moderados, 126 apresentam sintomas leves e 6.654 assintomáticos.

Os óbitos, dois foram reportados em  Cabinda, um em Luanda e um no Moxico, envolvendo um cidadão do sexo masculino e três do sexo feminino, com as idades que variam de 26 a 65 anos.

Dos recuperados, 88 são da província de Benguela, seis do Moxico, três de Malanje, dois do Bié e um de Luanda.

As novas infecções, 51 estão em Luanda, 27 em Cabinda, 25 na Lunda Sul, sete na Lunda Norte, seis no Moxico, três no Zaire e dois em Benguela. Deste grupo, 82 são homens e 39 mulheres, na faixa etária de oito meses de vida a 72 anos.

Os laboratórios processaram 2.617 amostras na base da biologia molecular, com uma taxa diária de positividade de 4,1 por cento.

Foram igualmente realizados 1.833 testes rápidos por Antígenio, dos quais 14 foram positivos e 1.819 negativos, com uma taxa diária de 0,8 por cento.

As autoridades registaram a saída de 44 pessoas nos centros de tratamento da Covid~19, sob vigilância epidemiológica estão 4.325 pessoas e 248 permanecem nos centros de quarentena Institucionais.

Dezasseis utentes, 48 técnicos de saúde e 178 famílias de utentes foram assistidos pela Equipa de Saúde Mental e de Intervenção Psico-social e 13 utentes receberam apoio psicologico.

O Centro Integrado de Segurança Pública (CISP) recebeu 62 chamadas, das quais uma denúncia de violação de Estado de Calamidade.

Angola contabiliza 15.925 casos positivos, com 362 óbitos, 8.679  recuperados e 6.884   activos. Dos activos, sete estão em estado crítico com ventilação mecânica invasiva, sete graves, 90 moderados, 126 apresentam sintomas leves e 6.654 assintomáticos.