Covid-19: Síntese Nacional

Luanda – As autoridades sanitárias angolanas registaram, nas últimas 24 horas, 129 novas infecções, 78 recuperados e uma morte por Covid-19.

As novas infecções, com idades entre três meses a 78 anos, foram diagnosticadas nas províncias de Luanda, com 43 casos, no Zaire (23), Huambo (17), Cabinda (14), Lunda Norte (12), Bié (4), Benguela (3), Malanje (3), Uíge (2), Moxico (2), enquanto Lunda Sul e Huíla (1 cada).

Dos novos casos, 74 são do sexo masculino e 55 do feminino. Quanto aos doentes recuperados, com idades compreendidas entre os quatro e 64 anos, 59 são de Luanda, 17 de Benguela e dois do Huambo.

O óbito, que envolve uma cidadã angolana de 15 anos de idade, foi reportado na província da Huíla. Nas últimas 24 horas, as autoridades sanitárias processaram 3.466 amostras, que resultaram em 129 novos casos, com uma taxa diária de positividade de 3.7 por cento.

Desde que o país ganhou a autonomia de testagem da Covid-19, em Março último, as autoridades sanitárias nacionais processaram um total 297.799 amostras, através do teste de biologia molecular RT-PCR, das quais 16.931 foram positivas e 280.868 negativas.

Em relação à testagem gratuita dos camionistas e ajudantes, transportadores de bens essenciais para a quadra festiva, as autoridades sanitárias testaram 884 pessoas, dos quais 49 foram casos reactivos, que depois de serem submetidos a testes de zaragatoa de Antígeno, tiveram resultados negativos.

Nove dias depois do início dessa testagem, enquadrada no Decreto Presidencial sobre a Situação de Calamidade Pública, que vigora de 12 de Dezembro de 2020 a 10 de Janeiro de 2021, as autoridades realizaram um total de 10.428 testes rápidos (Sorológicos), que resultaram em cinco casos positivos de Covid-19.

Os respectivos testes foram realizados nos pontos de entrada e saída da capital do país, nomeadamente, na Maria Teresa (troço Luanda/Cuanza Norte/Malanje), Cabo Ledo (Luanda/Cuanza Sul/Benguela) e no Panguila (Luanda/Bengo/Uíge).

Ainda nas últimas 24 horas, foram dadas nove altas a nível nacional. Actualmente, o país controla 407 pessoas em quarentena institucional em todo país.

Desde Março último até a presente data, Angola regista um acumulado de 16.931 casos positivos de Covid-19, que resultaram em 394 óbitos, 9.807 recuperados e 6.730 activos. Dos casos activos, três doentes estão em estado crítico, quatro graves, 75 moderados e 117 leves, contra 6.531 assintomáticos.

 

As novas infecções, com idades entre três meses a 78 anos, foram diagnosticadas nas províncias de Luanda, com 43 casos, no Zaire (23), Huambo (17), Cabinda (14), Lunda Norte (12), Bié (4), Benguela (3), Malanje (3), Uíge (2), Moxico (2), enquanto Lunda Sul e Huíla (1 cada).

Dos novos casos, 74 são do sexo masculino e 55 do feminino. Quanto aos doentes recuperados, com idades compreendidas entre os quatro e 64 anos, 59 são de Luanda, 17 de Benguela e dois do Huambo.

O óbito, que envolve uma cidadã angolana de 15 anos de idade, foi reportado na província da Huíla. Nas últimas 24 horas, as autoridades sanitárias processaram 3.466 amostras, que resultaram em 129 novos casos, com uma taxa diária de positividade de 3.7 por cento.

Desde que o país ganhou a autonomia de testagem da Covid-19, em Março último, as autoridades sanitárias nacionais processaram um total 297.799 amostras, através do teste de biologia molecular RT-PCR, das quais 16.931 foram positivas e 280.868 negativas.

Em relação à testagem gratuita dos camionistas e ajudantes, transportadores de bens essenciais para a quadra festiva, as autoridades sanitárias testaram 884 pessoas, dos quais 49 foram casos reactivos, que depois de serem submetidos a testes de zaragatoa de Antígeno, tiveram resultados negativos.

Nove dias depois do início dessa testagem, enquadrada no Decreto Presidencial sobre a Situação de Calamidade Pública, que vigora de 12 de Dezembro de 2020 a 10 de Janeiro de 2021, as autoridades realizaram um total de 10.428 testes rápidos (Sorológicos), que resultaram em cinco casos positivos de Covid-19.

Os respectivos testes foram realizados nos pontos de entrada e saída da capital do país, nomeadamente, na Maria Teresa (troço Luanda/Cuanza Norte/Malanje), Cabo Ledo (Luanda/Cuanza Sul/Benguela) e no Panguila (Luanda/Bengo/Uíge).

Ainda nas últimas 24 horas, foram dadas nove altas a nível nacional. Actualmente, o país controla 407 pessoas em quarentena institucional em todo país.

Desde Março último até a presente data, Angola regista um acumulado de 16.931 casos positivos de Covid-19, que resultaram em 394 óbitos, 9.807 recuperados e 6.730 activos. Dos casos activos, três doentes estão em estado crítico, quatro graves, 75 moderados e 117 leves, contra 6.531 assintomáticos.