Anaso realiza natal solidário

Luanda - A rede Angolana de Organizações de Serviços de SIDA (Anaso) realiza de 11 a 15 de Dezembro, através das suas brigadas comunitárias, natal solidário das crianças vulneráveis ao hiv e sida.

Segundo o presidente da Anaso,  António Coelho, pretende-se proporcionar momentos de lazer aos petizes vulneráveis.

"Numa altura em que as atenções estão viradas para a Covid-19, temos de perceber que ninguém está seguro, até que todos estejam seguros, por isso este ano vamos ao encontro das crianças, diferente dos anos anteriores", disse.

O responsável, que falava à ANGOP, acrescentou que nessa fase é impossível juntar cerca de 500 crianças no mesmo espaço, para isso têm criadas  condições para fazer nos centros e nas comunidades, respeitando as normas de segurança.

“Em tempo de Covid-19, as dificuldades de viver positivamente com o VIH e Sida aumentaram significativamente e por essa razão devemos ser mais solidários com as Pessoas Vivendo com o VIH e SIDA, particularmente com as Crianças Vulneráveis ao VIH e SIDA em Angola”, reforçou.

A ANASO  está a mobilizar apoios e vontades a favor dessas crianças, traduzidas em brinquedos, lanches, cestas básicas, máscaras e outros meios para um universo de 500 Crianças.

Segundo o presidente da Anaso,  António Coelho, pretende-se proporcionar momentos de lazer aos petizes vulneráveis.

"Numa altura em que as atenções estão viradas para a Covid-19, temos de perceber que ninguém está seguro, até que todos estejam seguros, por isso este ano vamos ao encontro das crianças, diferente dos anos anteriores", disse.

O responsável, que falava à ANGOP, acrescentou que nessa fase é impossível juntar cerca de 500 crianças no mesmo espaço, para isso têm criadas  condições para fazer nos centros e nas comunidades, respeitando as normas de segurança.

“Em tempo de Covid-19, as dificuldades de viver positivamente com o VIH e Sida aumentaram significativamente e por essa razão devemos ser mais solidários com as Pessoas Vivendo com o VIH e SIDA, particularmente com as Crianças Vulneráveis ao VIH e SIDA em Angola”, reforçou.

A ANASO  está a mobilizar apoios e vontades a favor dessas crianças, traduzidas em brinquedos, lanches, cestas básicas, máscaras e outros meios para um universo de 500 Crianças.