Regedoria de Cácata beneficia de posto de saúde

  • Cabinda: Governador Provincial, Marcos Nhunga fala à imprensa
Cabinda – A aldeia de Chiobo na regedoria de Cácata comuna de Tando-Zinze, município sede de Cabinda, beneficiou de um posto de saúde para acudir e melhorar a oferta dos serviços de saúde para os cidadãos na circunscrição.

Com sete camas, serviços de parto e pré-parto, laboratório de análises clinicas e consultório e áreas de triagem e atendimento e internamento, a unidade, inaugurada terça-feira, foi erguida no quadro do programa de emergências do governo da província, para a oferta de serviços e bens as comunidades.

O regedor da aldeia de Cacáta, António Mambuco, referiu que a comunidade se sente satisfeita e reconhece os esforços do governo da província em colocar ao dispor das comunidades equipamentos sociais para responder as reclamaçoes das populações nas zonas rurais.

As comunidades das aldeias de Chiobo e Cácata eram obrigadas a percorrer longas distâncias até a sede comunal para procurar os serviços de saúde.

"Com este posto de saúde estamos bem servidos e já não vamos percorrer distâncias longas", disse, tendo  sublinhado que cabem os técnicos trabalharem com responsabilidade e amor a profissão.

O governador de Cabinda, Marcos Nhunga, que inaugurou o posto de saúde, lembrou aos aldeãos que o governo vai contuinuar a trabalhar com determinação para colocar as infra-estruturas essenciais como os da saúde e escolas nas comunidades.

"Esse é o propósito do governo de servir melhor a nossa população e colocar os serviços próximos dos cidadãos", disse.

Com este posto de saúde de Chiobo, a comuna de Tando-Zinze conta agora com 8 infra-estruturas sanitárias entre centros e postos de saude.

A comuna fronteiriça de Tanto Zinze está localizada a sudeste do município sede de Cabinda e conta com dois mercados fronteiriços com a vizinha República Democrática do Congo (RDC), o terrestre está entre Chiobo (Angola) e Mbaca Kossy (RDC) e o fluvial na localidadede de Zenza do Lucula (Angola).

 

Com sete camas, serviços de parto e pré-parto, laboratório de análises clinicas e consultório e áreas de triagem e atendimento e internamento, a unidade, inaugurada terça-feira, foi erguida no quadro do programa de emergências do governo da província, para a oferta de serviços e bens as comunidades.

O regedor da aldeia de Cacáta, António Mambuco, referiu que a comunidade se sente satisfeita e reconhece os esforços do governo da província em colocar ao dispor das comunidades equipamentos sociais para responder as reclamaçoes das populações nas zonas rurais.

As comunidades das aldeias de Chiobo e Cácata eram obrigadas a percorrer longas distâncias até a sede comunal para procurar os serviços de saúde.

"Com este posto de saúde estamos bem servidos e já não vamos percorrer distâncias longas", disse, tendo  sublinhado que cabem os técnicos trabalharem com responsabilidade e amor a profissão.

O governador de Cabinda, Marcos Nhunga, que inaugurou o posto de saúde, lembrou aos aldeãos que o governo vai contuinuar a trabalhar com determinação para colocar as infra-estruturas essenciais como os da saúde e escolas nas comunidades.

"Esse é o propósito do governo de servir melhor a nossa população e colocar os serviços próximos dos cidadãos", disse.

Com este posto de saúde de Chiobo, a comuna de Tando-Zinze conta agora com 8 infra-estruturas sanitárias entre centros e postos de saude.

A comuna fronteiriça de Tanto Zinze está localizada a sudeste do município sede de Cabinda e conta com dois mercados fronteiriços com a vizinha República Democrática do Congo (RDC), o terrestre está entre Chiobo (Angola) e Mbaca Kossy (RDC) e o fluvial na localidadede de Zenza do Lucula (Angola).