Covid-19: Angola com 18 óbitos e 280 recuperados

  • Secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda
Luanda - Angola registou, nas últimas 24 horas, 18 óbitos e 280 pacientes recuperados da Covid-19, anunciou, nesta segunda-feira, o secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda.

Trata-se da primeira vez que o país atingiu este número de mortos num só dia, desde que notificou os casos primários da pandemia, em Março de 2020.

Segundo Franco Mufinda, que falava na habitual sessão de actualização de dados, os óbitos envolveram 12 pacientes do sexo masculino e 6 do sexo feminino, dos 30 aos 81 anos, nas províncias de Luanda, com 11, da Huíla, com 4, e de Cabinda, com 3 casos.

Já entre os recuperados, informou, 253 residem em Luanda, 20 na Huíla, 5 em Cabinda, 1 no Bié e 1 em Benguela.

Os novos casos, num total de 150, foram diagnosticados em Luanda, com 131, no Huambo, com  14, na Huíla, com 4, no Bié, com 3, Benguela com 1 e Zaire com 1.

Entre os novos casos, cujas idades variam dos 8 meses a 83 anos, estão 92 do sexo masculino e 63 do sexo feminino.

Nos centros de internados estão 284 pacientes, enquanto 40 estão nos centros de quarentena institucional e sob seguimento das autoridades médicas estão 1.500 contactos de casos positivos.

Os laboratórios processaram 1.115 amostras, com uma taxa diária de positividade de  13.8 por cento.

O quadro geral indica o registo de 30.791 casos positivos, com 677 óbitos, 25.995 recuperados e  4.119 activos. Dos activos, 23 são críticos, 42 graves, 165 moderados, 54 leves e 3.835 assintomáticos.

Trata-se da primeira vez que o país atingiu este número de mortos num só dia, desde que notificou os casos primários da pandemia, em Março de 2020.

Segundo Franco Mufinda, que falava na habitual sessão de actualização de dados, os óbitos envolveram 12 pacientes do sexo masculino e 6 do sexo feminino, dos 30 aos 81 anos, nas províncias de Luanda, com 11, da Huíla, com 4, e de Cabinda, com 3 casos.

Já entre os recuperados, informou, 253 residem em Luanda, 20 na Huíla, 5 em Cabinda, 1 no Bié e 1 em Benguela.

Os novos casos, num total de 150, foram diagnosticados em Luanda, com 131, no Huambo, com  14, na Huíla, com 4, no Bié, com 3, Benguela com 1 e Zaire com 1.

Entre os novos casos, cujas idades variam dos 8 meses a 83 anos, estão 92 do sexo masculino e 63 do sexo feminino.

Nos centros de internados estão 284 pacientes, enquanto 40 estão nos centros de quarentena institucional e sob seguimento das autoridades médicas estão 1.500 contactos de casos positivos.

Os laboratórios processaram 1.115 amostras, com uma taxa diária de positividade de  13.8 por cento.

O quadro geral indica o registo de 30.791 casos positivos, com 677 óbitos, 25.995 recuperados e  4.119 activos. Dos activos, 23 são críticos, 42 graves, 165 moderados, 54 leves e 3.835 assintomáticos.