Covid-19: Angola com 224 novos casos e 202 recuperados

  • Chegada da vacina AstraZeneca ao país
Luanda- As autoridades sanitárias anunciaram, esta sexta-feira, o registo de 224 novos casos, 202 pacientes recuperados e 4 óbitos, nas últimas 24 horas.

Segundo o secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda, 80 casos foram diagnosticados na Lunda Norte, 33 em Luanda, 30 no Cunene, 24 na Huíla, 20 no Namibe, 14 no Huambo, 6 na Lunda Sul, 6 no Moxico, 3 no Bié, 3 em Benguela, 3 no Zaire e 2 em Cabinda.

Dos novos pacientes, com idades que variam de 1 aos 94 anos, 106 são do sexo masculino e 118 do sexo feminino.

Os óbitos, de acordo com Franco Mufinda, foram registados no Moxico, com 2, Lunda Norte com 1 e Cunene com 1.

Entre os cidadãos recuperados, avançou, 89 residem em Luanda, 57 no Huambo, 26 na Huíla, 20 no Cunene, 6 em Malanje, 3 no Cuando Cubango e 1 no Bié.

Os laboratórios processaram 4.412 amostras, com uma taxa de positividade de  5.1 por cento.

As autoridades controlam 150 pessoas nos centros de quarentena institucionais, 2.604 sob vigilância epidemiológica e 138 pacientes nos centros de tratamento.

Angola conta com 41.629 casos positivos, com 981 mortes, 35.284 recuperados e 5.369 activos. Dos activos, 3 são críticos, 9 graves, 68 moderados, 48 leves e 5.224 assintomáticos.

Segundo o secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda, 80 casos foram diagnosticados na Lunda Norte, 33 em Luanda, 30 no Cunene, 24 na Huíla, 20 no Namibe, 14 no Huambo, 6 na Lunda Sul, 6 no Moxico, 3 no Bié, 3 em Benguela, 3 no Zaire e 2 em Cabinda.

Dos novos pacientes, com idades que variam de 1 aos 94 anos, 106 são do sexo masculino e 118 do sexo feminino.

Os óbitos, de acordo com Franco Mufinda, foram registados no Moxico, com 2, Lunda Norte com 1 e Cunene com 1.

Entre os cidadãos recuperados, avançou, 89 residem em Luanda, 57 no Huambo, 26 na Huíla, 20 no Cunene, 6 em Malanje, 3 no Cuando Cubango e 1 no Bié.

Os laboratórios processaram 4.412 amostras, com uma taxa de positividade de  5.1 por cento.

As autoridades controlam 150 pessoas nos centros de quarentena institucionais, 2.604 sob vigilância epidemiológica e 138 pacientes nos centros de tratamento.

Angola conta com 41.629 casos positivos, com 981 mortes, 35.284 recuperados e 5.369 activos. Dos activos, 3 são críticos, 9 graves, 68 moderados, 48 leves e 5.224 assintomáticos.