Covid-19: Angola com 420 novos casos e 411 recuperados

  • Feira destaca criações ligadas à Covid-19
Luanda- As autoridades sanitárias anunciaram, esta quinta-feira, o registo de 420 novos casos, 11 óbitos e a recuperação de 411 pacientes, nas últimas 24 horas.

De acordo com os dados do boletim diário, 326 casos foram diagnosticados em Luanda, 16 no Huambo, 15 em Benguela, 13 no Uíge, 11 no Bié, 9 no Namibe, 6 na Huíla, 5 em Cabinda, 4 no Cunene, 4 no Cuando Cubango, 4 em Malanje, 4 no Moxico e 2 no Cuanza Sul.

Com idades que variam de 1 mês aos 93 anos, a lista inclui 222 pacientes do sexo masculino e 198 do sexo feminino.

Já os óbitos foram registados em Luanda, com 7, Namibe com 3 e Malanje com 1, respectivamente.

Os recuperados, conforme o boletim, 287 residem em Luanda, 43 na Huíla, 32 no Cuando Cubango, 20 no Huambo, 10 no Bié, 9 no Namibe, 7 em Malanje, 2 no Moxico e 1 na Lunda Sul.

Nas últimas 24 horas, os laboratórios processaram 3.260 amostras.

Nos centros de tratamento estão internados 330 doentes, enquanto 225 cidadãos cumprem quarentena institucional e 2.522 contactos de casos positivos estão sob vigilância epidemiológica.

Angola conta com 51. 827 casos, dos quais 1.371 óbitos, 45.918 recuperados e 4.538 activos. Dos activos, 34 críticos, 43 graves, 151 moderados, 82 leves e 4.228 assintomáticos.

De acordo com os dados do boletim diário, 326 casos foram diagnosticados em Luanda, 16 no Huambo, 15 em Benguela, 13 no Uíge, 11 no Bié, 9 no Namibe, 6 na Huíla, 5 em Cabinda, 4 no Cunene, 4 no Cuando Cubango, 4 em Malanje, 4 no Moxico e 2 no Cuanza Sul.

Com idades que variam de 1 mês aos 93 anos, a lista inclui 222 pacientes do sexo masculino e 198 do sexo feminino.

Já os óbitos foram registados em Luanda, com 7, Namibe com 3 e Malanje com 1, respectivamente.

Os recuperados, conforme o boletim, 287 residem em Luanda, 43 na Huíla, 32 no Cuando Cubango, 20 no Huambo, 10 no Bié, 9 no Namibe, 7 em Malanje, 2 no Moxico e 1 na Lunda Sul.

Nas últimas 24 horas, os laboratórios processaram 3.260 amostras.

Nos centros de tratamento estão internados 330 doentes, enquanto 225 cidadãos cumprem quarentena institucional e 2.522 contactos de casos positivos estão sob vigilância epidemiológica.

Angola conta com 51. 827 casos, dos quais 1.371 óbitos, 45.918 recuperados e 4.538 activos. Dos activos, 34 críticos, 43 graves, 151 moderados, 82 leves e 4.228 assintomáticos.