Angola com 72 novos casos positivos

  • Ilustração do  Covid-19
Luanda – Setenta e dois novos casos positivos, 110 recuperações e dois óbitos é o registo de Angola, nas últimas 24 horas, numa altura em que o país passa a contar, no geral, com 17.756 infectados, 11.376 recuperados e 410 mortos pela pandemia da Covid-19.

Os 72 novos casos ocorreram nas províncias de Luanda (51), Huambo (7), Bié (5), Uíge (4), Cuanza Sul (2) e um caso cada para Benguela, Luanda Sul e Lunda Norte, com idades compreendidas entre os 17 e 74 anos, sendo 40 do sexo masculino e 32 do feminino.

Dois angolanos (uma mulher de 55 anos de idade e uma criança do sexo masculino – 4 anos), das províncias da Lunda Sul e Luanda, são os casos de óbito deste período, em que os recuperados têm entre um e 80 anos de idade.

Segundo o Boletim Epidemiológico a que a Angop teve acesso hoje, os Laboratórios processaram 1.051 amostras por RT-PCR, de um acumulativo de 315.247 provas de sangue processadas, com taxa de positividade de 5,6 por cento.

Por esta altura, Angola contabiliza 5.970 activos, dos quais três críticos, oito graves, 72 moderados, 90 leves e 5.797 assintomáticos. Tem internados 173 pacientes; deu alta a 407 cidadãos que se encontravam e Quarentena Institucional e aconpanha outros 407.

Mantém sob vigilância epidemiológica 4.237 indivíduos.         

Os 72 novos casos ocorreram nas províncias de Luanda (51), Huambo (7), Bié (5), Uíge (4), Cuanza Sul (2) e um caso cada para Benguela, Luanda Sul e Lunda Norte, com idades compreendidas entre os 17 e 74 anos, sendo 40 do sexo masculino e 32 do feminino.

Dois angolanos (uma mulher de 55 anos de idade e uma criança do sexo masculino – 4 anos), das províncias da Lunda Sul e Luanda, são os casos de óbito deste período, em que os recuperados têm entre um e 80 anos de idade.

Segundo o Boletim Epidemiológico a que a Angop teve acesso hoje, os Laboratórios processaram 1.051 amostras por RT-PCR, de um acumulativo de 315.247 provas de sangue processadas, com taxa de positividade de 5,6 por cento.

Por esta altura, Angola contabiliza 5.970 activos, dos quais três críticos, oito graves, 72 moderados, 90 leves e 5.797 assintomáticos. Tem internados 173 pacientes; deu alta a 407 cidadãos que se encontravam e Quarentena Institucional e aconpanha outros 407.

Mantém sob vigilância epidemiológica 4.237 indivíduos.