Covid-19:  Angola com mais 98 casos positivos e 26 recuperados

  • Passageiros  testados no posto da Maria Teresa (Arquivo)
Luanda – As autoridades sanitárias registaram, nas últimas 24 horas, 98 casos positivos, 26 recuperações e cinco óbitos.

Dos novos casos, segundo o boletim epidemiológico nacional, 47 foram diagnosticados no Huambo, 27 em Luanda, 12 no Cuanza Sul, cinco na Huíla, quatro na Lunda Sul, enquanto às províncias de Benguela, Namibe e o Moxico registaram, cada, um caso.

Com idades que variam entre 8 meses aos 87 anos, a lista incluiu 55 pacientes do sexo masculino e 43 do sexo feminino.

Dos  recuperados  21 estão em Luanda e 5 no Huambo, com idades compreendidas entre os 4 aos 72 anos.

No mesmo período, os laboratórios processaram  1.904 amostras por RT-PCR.

O país contabiliza, até ao momento, 19.367 casos positivos, com 17.249 pacientes recuperados, 457 óbitos 1.661 activos.

Dos activos, estão 5 em estado crítico, 7 graves, 83 moderados, 96 leves e 1.470 assintomáticos.

Em internamento nos centros de tratamento estão 191 pessoas.

Em quarentena institucional estão 127 pessoas, enquanto 2.471 estão sob vigilância epidemiológica.

 

Dos novos casos, segundo o boletim epidemiológico nacional, 47 foram diagnosticados no Huambo, 27 em Luanda, 12 no Cuanza Sul, cinco na Huíla, quatro na Lunda Sul, enquanto às províncias de Benguela, Namibe e o Moxico registaram, cada, um caso.

Com idades que variam entre 8 meses aos 87 anos, a lista incluiu 55 pacientes do sexo masculino e 43 do sexo feminino.

Dos  recuperados  21 estão em Luanda e 5 no Huambo, com idades compreendidas entre os 4 aos 72 anos.

No mesmo período, os laboratórios processaram  1.904 amostras por RT-PCR.

O país contabiliza, até ao momento, 19.367 casos positivos, com 17.249 pacientes recuperados, 457 óbitos 1.661 activos.

Dos activos, estão 5 em estado crítico, 7 graves, 83 moderados, 96 leves e 1.470 assintomáticos.

Em internamento nos centros de tratamento estão 191 pessoas.

Em quarentena institucional estão 127 pessoas, enquanto 2.471 estão sob vigilância epidemiológica.