Angola mantém alta cifra de recuperações

  • Covid19: Província do Cunene  ganha Hospital Campanha
Luanda - Angola recupera, há três dias, mais de 400 pacientes diariamante, e fixa-se hoje, domingo, em 667 cidadãos recuperados.

As recuperações ocorreram em Luanda (637) e na Lunda Sul, envolvendo compatriotas com idades que variam entre 1 e os 54 anos, numa altura em que o país vê os casos a reduzirem, segundo a dados  das ultimas 24 horas. 

Entretanto, Angola registou, nesta última actualização, 37 novos casos, sendo 18 no Cuanza Sul, 12 em Luanda, 4 em Cabinda, 2 em Benguela e 1 no Zaire, com idades entre cinco meses e 58 anos, dos quais 20 homens e 17 mulheres. 

Neste período, o país não se deparou com óbito, tendo processado 1.017 amostras por RT-PCR, de um cumulativo de 323.467 pessoas testadas desde Março, com uma taxa de positividade de 5.6 por cento.

Assim, no geral, Angola soma 18 mil e 193 casos positivos de Covid-19, recuperou 13 mil e 872 pacientes e controla 3.905 activos (9 críticos, 8 graves, 80 moderados, 93 leves e 3.715 assintomáticos).

De acordo com a Comissão Multissetorial de Prevenção e Combate à referida  pandemia, o país contabiliza 416 óbitos e 190 doentes internados. Neste momento, acompanha, em Quarentena Institucional, 416 cidadãos e mantém sob vigilância epidemiológica 3.278 individuos.

Recorda-se que no dia 8 Angola recuperou o maior número de infectados, num total de 757 e, no dia seguinte, determinou alta a 493 pacientes, como sinal de que as autoridades se mantêm empenhadas na prevenção e combate a este inimigo invisível a nivel do país. 

As recuperações ocorreram em Luanda (637) e na Lunda Sul, envolvendo compatriotas com idades que variam entre 1 e os 54 anos, numa altura em que o país vê os casos a reduzirem, segundo a dados  das ultimas 24 horas. 

Entretanto, Angola registou, nesta última actualização, 37 novos casos, sendo 18 no Cuanza Sul, 12 em Luanda, 4 em Cabinda, 2 em Benguela e 1 no Zaire, com idades entre cinco meses e 58 anos, dos quais 20 homens e 17 mulheres. 

Neste período, o país não se deparou com óbito, tendo processado 1.017 amostras por RT-PCR, de um cumulativo de 323.467 pessoas testadas desde Março, com uma taxa de positividade de 5.6 por cento.

Assim, no geral, Angola soma 18 mil e 193 casos positivos de Covid-19, recuperou 13 mil e 872 pacientes e controla 3.905 activos (9 críticos, 8 graves, 80 moderados, 93 leves e 3.715 assintomáticos).

De acordo com a Comissão Multissetorial de Prevenção e Combate à referida  pandemia, o país contabiliza 416 óbitos e 190 doentes internados. Neste momento, acompanha, em Quarentena Institucional, 416 cidadãos e mantém sob vigilância epidemiológica 3.278 individuos.

Recorda-se que no dia 8 Angola recuperou o maior número de infectados, num total de 757 e, no dia seguinte, determinou alta a 493 pacientes, como sinal de que as autoridades se mantêm empenhadas na prevenção e combate a este inimigo invisível a nivel do país.