Covid-19: Angola reporta 442 recuperados e 290 novos casos

  • Vacinação contra a Covid-19
Luanda – Angola registou, nas últimas 24 horas, 442 pacientes recuperados, 290 novos casos e 4 óbitos.

De acordo com os dados do boletim clínico a que a ANGOP teve acesso, entre os recuperados  412 residem em Luanda, 14 no Huambo, 6 na Huíla, 3 em Benguela, 2 no Cuanza Sul, 2 no Bengo,  1 no Moxico, 1 no Cuanza Norte e 1 na Lunda Sul.

Já os novos casos, lê-se na informe,  235 foram diagnosticados em Luanda, 16 na Huíla, 8 no Namibe, 6 no Bié, 6 no Cuanza Sul, 6 no Uíge, 5 no Huambo, 2 em Cabinda, 2  no Cunene, 2 no Zaire, 1 no Bengo e 1 em Benguela.

Entre os novos pacientes, cujas idades variam de 14 dias a 98 anos, estão 158 do sexo masculino e 132 do sexo feminino.

Os óbitos foram reportados em Luanda, com 3, Huambo com 1 caso, envolvendo cidadãos nacionais.

O quadro geral aponta para 29.695 casos positivos, com 649 óbitos, 25.629 recuperados e 3.417 activos. Dos activos, 17 são críticos, 151 graves, 151 moderados, 60 leves e 3.152 assintomáticos.

Nos centros de tratamento estão internados 265 pacientes, enquanto 53 se encontram nos centros de quarentena institucional

As autoridades vigiam 1.645 contactos de casos positivos.

De acordo com os dados do boletim clínico a que a ANGOP teve acesso, entre os recuperados  412 residem em Luanda, 14 no Huambo, 6 na Huíla, 3 em Benguela, 2 no Cuanza Sul, 2 no Bengo,  1 no Moxico, 1 no Cuanza Norte e 1 na Lunda Sul.

Já os novos casos, lê-se na informe,  235 foram diagnosticados em Luanda, 16 na Huíla, 8 no Namibe, 6 no Bié, 6 no Cuanza Sul, 6 no Uíge, 5 no Huambo, 2 em Cabinda, 2  no Cunene, 2 no Zaire, 1 no Bengo e 1 em Benguela.

Entre os novos pacientes, cujas idades variam de 14 dias a 98 anos, estão 158 do sexo masculino e 132 do sexo feminino.

Os óbitos foram reportados em Luanda, com 3, Huambo com 1 caso, envolvendo cidadãos nacionais.

O quadro geral aponta para 29.695 casos positivos, com 649 óbitos, 25.629 recuperados e 3.417 activos. Dos activos, 17 são críticos, 151 graves, 151 moderados, 60 leves e 3.152 assintomáticos.

Nos centros de tratamento estão internados 265 pacientes, enquanto 53 se encontram nos centros de quarentena institucional

As autoridades vigiam 1.645 contactos de casos positivos.