Covid-19: Bibala com primeiros casos positivos

  • Namibe: Porta-voz da comissão provincial multissectorial no Namibe, Corintios Miguel, faz o balanço das ultimas 24 horas da COVID-19
Bibala- O município agropecuário da Bibala, província do Namibe, entrou na estatística da Covid-19, com o registo dos dois primeiros casos, anunciados na sexta-feira.

Segundo o porta-voz da Comissão Provincial Multissetorial, Coríntios Miguel, que falava, nesta segunda-feira, à Angop, à margerm da sessão de actualização de dados, trata-se de um do sexo masculino e um do sexo feminino.

O responsável salientou que apenas o município do Virei, que dista a 134 quilómetros a leste de Moçamêdes, capital do Namibe, mantém-se sem casos positivos.

O municipio de Moçâmedes regista o maior número de casos positivos, seguido pelo Kamucuio, com 5, Tômbwa, quatro, e  Bibala com dois casos.

Preocupado com a situação, Coríntios Miguel apela ao  cumprimento rigoroso das medidas de biossegurança (uso da máscara,  distanciamneto fisico e a lavagem das mãos com água e sabão conatantemente).

Salientou ainda que nas últimas 24 horas foram registados 18 casos suspeitos dos contactos dos contactos dos utimos oito casos positivos que a provincia registou na última semana.

Adiantou ainda que 336 amostras serão enviadas aos laboratorios de Benguela, Huambo ou Luanda.

Em quarentena domiciliar  estão 44 cidadãos e domiciliar 409.

A provincia conta com 188 casos positivos, com 184 activos, um óbito e três recuperados.

 

 

Segundo o porta-voz da Comissão Provincial Multissetorial, Coríntios Miguel, que falava, nesta segunda-feira, à Angop, à margerm da sessão de actualização de dados, trata-se de um do sexo masculino e um do sexo feminino.

O responsável salientou que apenas o município do Virei, que dista a 134 quilómetros a leste de Moçamêdes, capital do Namibe, mantém-se sem casos positivos.

O municipio de Moçâmedes regista o maior número de casos positivos, seguido pelo Kamucuio, com 5, Tômbwa, quatro, e  Bibala com dois casos.

Preocupado com a situação, Coríntios Miguel apela ao  cumprimento rigoroso das medidas de biossegurança (uso da máscara,  distanciamneto fisico e a lavagem das mãos com água e sabão conatantemente).

Salientou ainda que nas últimas 24 horas foram registados 18 casos suspeitos dos contactos dos contactos dos utimos oito casos positivos que a provincia registou na última semana.

Adiantou ainda que 336 amostras serão enviadas aos laboratorios de Benguela, Huambo ou Luanda.

Em quarentena domiciliar  estão 44 cidadãos e domiciliar 409.

A provincia conta com 188 casos positivos, com 184 activos, um óbito e três recuperados.