Covid-19: Comissão testa na Cahama e Curoca

  • Ilustração do Covid-19
Ondjiva- A Comissão Provincial Multissectorial de Combate à Covid-19 no Cunene, inicia, esta semana, a testagem em massa nos municípios da Cahama e Curoca, para identificar os focos da doença.

A província do Cunene contabiliza  134 casos positivos, com 119 activos, 14  recuperados e um óbito.

Os  casos positivos  foram registas nos  municípios do Cuanhama, com 120 casos,  sendo 12 recuperados e 108 activos,   Ombadja 11 casos, dois recuperados e nove activos, e Namacunde, com  três casos, entre os quais  um óbito.

Em declarações à ANGOP, o porta-voz da Comissão, Félix Belarmino, disse que o objectivo é testar o maior número de pessoas para identificar os focos da doença.

Em relação o Hospital de Campanha, com capacidade de 200 camas, Félix Belarmino sublinhou que a base já esta feita e no decurso desta semana inicia os trabalho da montagem das tendas da infra-estrutura.

O responsável pediu  à população a  observância  das medidas de prevenção ( uso da máscara, lavagem das mãos com água e sabão, álcool em gel e evitar aglomeração nos bancos, mercados e em funerais).

O Cunene conta com sete centros de quarentena institucionais.

 

A província do Cunene contabiliza  134 casos positivos, com 119 activos, 14  recuperados e um óbito.

Os  casos positivos  foram registas nos  municípios do Cuanhama, com 120 casos,  sendo 12 recuperados e 108 activos,   Ombadja 11 casos, dois recuperados e nove activos, e Namacunde, com  três casos, entre os quais  um óbito.

Em declarações à ANGOP, o porta-voz da Comissão, Félix Belarmino, disse que o objectivo é testar o maior número de pessoas para identificar os focos da doença.

Em relação o Hospital de Campanha, com capacidade de 200 camas, Félix Belarmino sublinhou que a base já esta feita e no decurso desta semana inicia os trabalho da montagem das tendas da infra-estrutura.

O responsável pediu  à população a  observância  das medidas de prevenção ( uso da máscara, lavagem das mãos com água e sabão, álcool em gel e evitar aglomeração nos bancos, mercados e em funerais).

O Cunene conta com sete centros de quarentena institucionais.