Covid-19: Comissão recebe duas toneladas de material diverso

  • Dístico do Covid-19 Novo Coronavírus
Saurimo – A comissão provincial de resposta rápida à Covid-19 na Lunda Sul recebeu hoje, terça-feira, duas toneladas de material de biossegurança e medicamentos diversos.

Dos meios entregues pela Sociedade Mineira de Catoca consta zaragatoas, luvas, fatos de protecção, máscaras cirúrgicas, toucas, mantas, álcool gel, analgésicos, soros, antibióticos, vitaminas, multi-vitaminas, seringas, entre outros fármacos.

Na ocasião, o chefe de departamento de Sustentabilidade de Catoca, Flávio Fernando, afirmou que a entrega dos materiais se enquadra  nas acções de responsabilidade social da empresa, de modos a ajudar no combate e prevenção contra a pandemia da Covid-19 e outras doenças.

Conforme o responsável, Catoca, para além de apoiar a comissão, também tem ajudado as populações circunvizinhas, com material de biossegurança e colocação de reservatórios para higienização, entre outros meios.

Por seu turno, o coordenador adjunto da comissão de resposta rápida à Covid-19 na Lunda Sul, Viegas de Almeida, disse que a doação vai servir para reforçar o stock de materiais, visando garantir maior assistência aos pacientes.

Sublinhou que a situação epidemiológica da região contínua preocupante, tendo em conta os actuais números de pacientes que testaram positivos, daí a necessidade de a população redobrar as medidas de biossegurança, para evitar a cadeia de transmissão do vírus.

A província da Lunda Sul regista 113 casos, com 83 activos,34 recuperados e uma morte.

 

Dos meios entregues pela Sociedade Mineira de Catoca consta zaragatoas, luvas, fatos de protecção, máscaras cirúrgicas, toucas, mantas, álcool gel, analgésicos, soros, antibióticos, vitaminas, multi-vitaminas, seringas, entre outros fármacos.

Na ocasião, o chefe de departamento de Sustentabilidade de Catoca, Flávio Fernando, afirmou que a entrega dos materiais se enquadra  nas acções de responsabilidade social da empresa, de modos a ajudar no combate e prevenção contra a pandemia da Covid-19 e outras doenças.

Conforme o responsável, Catoca, para além de apoiar a comissão, também tem ajudado as populações circunvizinhas, com material de biossegurança e colocação de reservatórios para higienização, entre outros meios.

Por seu turno, o coordenador adjunto da comissão de resposta rápida à Covid-19 na Lunda Sul, Viegas de Almeida, disse que a doação vai servir para reforçar o stock de materiais, visando garantir maior assistência aos pacientes.

Sublinhou que a situação epidemiológica da região contínua preocupante, tendo em conta os actuais números de pacientes que testaram positivos, daí a necessidade de a população redobrar as medidas de biossegurança, para evitar a cadeia de transmissão do vírus.

A província da Lunda Sul regista 113 casos, com 83 activos,34 recuperados e uma morte.