Covid-19: Comissão Técnica repudia estigmatização de pacientes

Malanje - A Comissão Técnica Provincial de Resposta à Covid-19 lamenta e repudia a estigmatização de de pacientes com a doença, em Malanje.

De acordo com uma nota chegada hoje à Angop, a Comissão lamenta que pacientes estejam a ser discriminados e até ameaçados, incluindo técnicos de saúde.

“A Comissão repudia tal comportamento e alerta que serão utilizados todos os mecanismos legais para que situações do género  não voltem a acontecer, uma vez que o risco de contrair a doença é para todos”, lê-se no documento.

A Comissão informa que foram já despoletadas diligências junto dos órgãos de defesa e segurança para se investigar e responsabilizar os cidadãos que além de estigmatizar, violam a propriedade privada e ameaçam a tranquilidade das pessoas infectadas.

Encoraja a todos os profissionais da saúde e outros indivíduos envolvidos na luta contra o Coronavírus, para  continuarem a luta contra à pandemia e apela a todos a denunciarem os actos de discriminação contra doentes de Covid-19.

A província conta com  mais de 200 casos positivos da pandemia, com dois mortos.

De acordo com uma nota chegada hoje à Angop, a Comissão lamenta que pacientes estejam a ser discriminados e até ameaçados, incluindo técnicos de saúde.

“A Comissão repudia tal comportamento e alerta que serão utilizados todos os mecanismos legais para que situações do género  não voltem a acontecer, uma vez que o risco de contrair a doença é para todos”, lê-se no documento.

A Comissão informa que foram já despoletadas diligências junto dos órgãos de defesa e segurança para se investigar e responsabilizar os cidadãos que além de estigmatizar, violam a propriedade privada e ameaçam a tranquilidade das pessoas infectadas.

Encoraja a todos os profissionais da saúde e outros indivíduos envolvidos na luta contra o Coronavírus, para  continuarem a luta contra à pandemia e apela a todos a denunciarem os actos de discriminação contra doentes de Covid-19.

A província conta com  mais de 200 casos positivos da pandemia, com dois mortos.