Covid-19: Comissão testa efectivos das FAA e Polícia

Cuito – A Comissão Provincial Intersectorial de Prevenção e Combate à Covid-19 anunciou, nesta segunda-feira, a realização de testes de rastreio com zaragatoa, na quarta-feira, na comunidade do Comando Operativo da Quarta Divisão de Infantaria das Forças Armadas Angolanas (FAA) e da Polícia Nacional (PN) no Bié.

Segundo o porta-voz da Comissão,  João Campos, que apresentava o habitual ponto de situação semanal da Covid-19 na província, numa reunião com membros do Governo, já foi recebida a lista dos militares que serão  submetidos a recolha de  amostras, com os testes por zaragatoa, e depois enviadasao Laboratório Molecular no Huambo.

O também director do Gabinete Provincial da Saúde informou terem recebido solicitações de testes de Covid-19 de algumas instituições, a quem foram orientadas a se dirigirem ao Comando Operativo (COP) das FAA, para na mesma altura se fazer colheitas em simultâneo.

Depois de garantir haver “muitos testes com zaragatoa”,  que semanalmente poderão servir para colheitas, o responsável apelou ao Gabinete  da Educação a ajudar na selecção de escolas onde se tenciona tirar algumas amostras.

Serão os primeiros testes em massa com zaragatoa a serem realizados desde o início da pandemia no país em Março de 2020 e o registo dos primeiros dois casos no Bié em Agosto do mesmo ano, sendo que os demais foram sempre testes serológicos rápidos.

Desde essa altura até à predente data, o Bié registou 36 casos positivos, com 32 recuperados.

Entre os quatro activos, a cidadã em estado de gestação de sete meses está a ser acompanhada no Centro de Tratamento da Cavanga.

Na próxima semana, infromou, será feita a  primeira colheita de amostras a quatro pessoas, duas  das quais estão a fazer seguimento ao domicílio e igual número no Centro de Tratamento da Cavanga.

A província tem em quarentena 84 cidadãos, sendo 82 em quarentena domiciliar e dois em quarentena institucional.

Segundo o porta-voz da Comissão,  João Campos, que apresentava o habitual ponto de situação semanal da Covid-19 na província, numa reunião com membros do Governo, já foi recebida a lista dos militares que serão  submetidos a recolha de  amostras, com os testes por zaragatoa, e depois enviadasao Laboratório Molecular no Huambo.

O também director do Gabinete Provincial da Saúde informou terem recebido solicitações de testes de Covid-19 de algumas instituições, a quem foram orientadas a se dirigirem ao Comando Operativo (COP) das FAA, para na mesma altura se fazer colheitas em simultâneo.

Depois de garantir haver “muitos testes com zaragatoa”,  que semanalmente poderão servir para colheitas, o responsável apelou ao Gabinete  da Educação a ajudar na selecção de escolas onde se tenciona tirar algumas amostras.

Serão os primeiros testes em massa com zaragatoa a serem realizados desde o início da pandemia no país em Março de 2020 e o registo dos primeiros dois casos no Bié em Agosto do mesmo ano, sendo que os demais foram sempre testes serológicos rápidos.

Desde essa altura até à predente data, o Bié registou 36 casos positivos, com 32 recuperados.

Entre os quatro activos, a cidadã em estado de gestação de sete meses está a ser acompanhada no Centro de Tratamento da Cavanga.

Na próxima semana, infromou, será feita a  primeira colheita de amostras a quatro pessoas, duas  das quais estão a fazer seguimento ao domicílio e igual número no Centro de Tratamento da Cavanga.

A província tem em quarentena 84 cidadãos, sendo 82 em quarentena domiciliar e dois em quarentena institucional.