Covid-19: Combate à pandemia é prioridade absoluta

  • Dístico do Covid-19 Novo Coronavírus
Sumbe – O secretário provincial da Unita no Cuanza Sul, Armando Kakepa, sugeriu hoje,quinta-feira, no Sumbe, que o combate à Covid-19 deve ser prioridade absoluta, tendo em conta a sua capacidade de contaminação e letalidade.

O Cuanza Sul regista desde 27 de Julho a presente data, 253 casos positivos da Covid-19, 17 recuperados, três óbitos e um internamento com sintomas leves, que, de acordo com dirigente político,  “ é altura de sentar todas forças activas da província para buscar ideias e soluções concretas de modo a estancar a pandemia”.

O secretário da Unita fez este pronunciamento numa conferência de imprensa que visou a partilha do ponto de vista desta organização política sobre a Covid-19 e as manifestações realizadas na região.

Dos 253 casos, na sua maioria assintomáticos, 213 são do Instituto Nacional de Petróleos ( com um já recuperado).

“ Deve ser preocupação de cada um de nós investigar as causas de mais dos 250 casos positivos que a província regista até hoje, com vista a estancarmos a propagação deste vírus que não escolhe cor partidária, raça, etnia (…) mas que requer um sacrifício global para o seu combate”, rematou.

O Município do Sumbe tem um centro de tratamento da Covid-19 localizada na comunidade da Quipela, com 26 camas, sendo quatro para casos graves e 22 para leves e moderados.

 

 

O Cuanza Sul regista desde 27 de Julho a presente data, 253 casos positivos da Covid-19, 17 recuperados, três óbitos e um internamento com sintomas leves, que, de acordo com dirigente político,  “ é altura de sentar todas forças activas da província para buscar ideias e soluções concretas de modo a estancar a pandemia”.

O secretário da Unita fez este pronunciamento numa conferência de imprensa que visou a partilha do ponto de vista desta organização política sobre a Covid-19 e as manifestações realizadas na região.

Dos 253 casos, na sua maioria assintomáticos, 213 são do Instituto Nacional de Petróleos ( com um já recuperado).

“ Deve ser preocupação de cada um de nós investigar as causas de mais dos 250 casos positivos que a província regista até hoje, com vista a estancarmos a propagação deste vírus que não escolhe cor partidária, raça, etnia (…) mas que requer um sacrifício global para o seu combate”, rematou.

O Município do Sumbe tem um centro de tratamento da Covid-19 localizada na comunidade da Quipela, com 26 camas, sendo quatro para casos graves e 22 para leves e moderados.