Covid-19: Detidos 154 cidadãos por desobediência

Lubango – Cento e 54 cidadãos nacionais foram detidos, nos últimos sete dias, pela Polícia Nacional, na Huíla, por desobediência as medidas de protecção e controlo da propagação do vírus.

 

 

 

 

Trata-se de cidadãos com idades entre 16 e 50 anos flagrados e detidos na rua, estabelecimentos comerciais e restaurantes, depois das 22 horas.

A informação foi avançada à imprensa pelo segundo-comandante provincial da Huíla para a ordem pública, subcomissário Florêncio Ningui, no quadro da apresentação dos dados da Covid-19 na província, pela direcção local da saúde.

 

Segundo o oficial, a desobediência resultou na aplicação de 54 multas, que totalizou a arrecadação de 600 mil kwanzas.

 

Destacou ainda o registo de 124 crimes de natureza diversa, com a média de 18 crimes/dia, dos quais 77 foram esclarecidos com 82 detidos, representando um grau de esclarecimento na ordem de 62 por cento.

 

O Lubango foi o que mais se evidenciou com 56 crimes, mais nove, seguindo-se da Matala 16 crimes menos dois.

 

 

 

 

 

Trata-se de cidadãos com idades entre 16 e 50 anos flagrados e detidos na rua, estabelecimentos comerciais e restaurantes, depois das 22 horas.

A informação foi avançada à imprensa pelo segundo-comandante provincial da Huíla para a ordem pública, subcomissário Florêncio Ningui, no quadro da apresentação dos dados da Covid-19 na província, pela direcção local da saúde.

 

Segundo o oficial, a desobediência resultou na aplicação de 54 multas, que totalizou a arrecadação de 600 mil kwanzas.

 

Destacou ainda o registo de 124 crimes de natureza diversa, com a média de 18 crimes/dia, dos quais 77 foram esclarecidos com 82 detidos, representando um grau de esclarecimento na ordem de 62 por cento.

 

O Lubango foi o que mais se evidenciou com 56 crimes, mais nove, seguindo-se da Matala 16 crimes menos dois.