COVID-19: Gabela inicia administração da segunda dose

  • Cuanza Sul: Centro de vacinação no Sumbe
Sumbe – As autoridades sanitárias no Amboim, província do Cuanza Sul, iniciaram hoje, na Gabela, a administração da segunda dose da vacina da Astrazeneca, a 2.210 cidadãos beneficiados na primeira fase da campanha contra a Covid-19.

De acordo com a chefe de secção de saúde pública no Amboim, Benvinda Delfim, a vacinação vai durar 10 dias e a mesma regista uma boa afluência desde as primeiras horas, fruto do acatamento das recomendações passadas pelas autoridades sanitárias.

“ Estamos a priorizar apenas os que constam da estatística local e residem na circunscrição”, assegurou.

A responsável instou a população a “não baixar a guarda”, mas continuar a observar as medidas de biossegurança, com vista o combate a esta pandemia.

O município do Amboim registou o seu primeiro caso da Covid-19 em Novembro de 2020.

Até este momento, as suas estatísticas apontam para 139 testes realizados, dos quais 21 reactivos.

Pelo menos 320 pessoas estão em quarentena domiciliar e dois em isolamento institucional

 

 

 

De acordo com a chefe de secção de saúde pública no Amboim, Benvinda Delfim, a vacinação vai durar 10 dias e a mesma regista uma boa afluência desde as primeiras horas, fruto do acatamento das recomendações passadas pelas autoridades sanitárias.

“ Estamos a priorizar apenas os que constam da estatística local e residem na circunscrição”, assegurou.

A responsável instou a população a “não baixar a guarda”, mas continuar a observar as medidas de biossegurança, com vista o combate a esta pandemia.

O município do Amboim registou o seu primeiro caso da Covid-19 em Novembro de 2020.

Até este momento, as suas estatísticas apontam para 139 testes realizados, dos quais 21 reactivos.

Pelo menos 320 pessoas estão em quarentena domiciliar e dois em isolamento institucional