Covid-19: Jornalistas submetidos a testagem

  • Ilustração do  Covid-19
Ondjiva - Vinte e quatro jornalistas dos diversos órgãos da Comunicação Social públicos e privados no Cunene foram testados hoje, terça-feira, em Ondjiva, contra a Covid-19.

A província do Cunene conta com   204  casos positivos  da Covid-19, confirmados,    dos quais 141  activos, 61 recuperados e dois óbitos. 

Os profissionais são  da Televisão Pública de Angola (TPA), Rádio Nacional de Angola (RNA), Ecclesia, Agência Angola-Press (ANGOP).

Em declarações à Angop, a coordenadora da actividade e do laboratório da Covid-19 no Cunene,   Rosa Ngula, disse que a testagem vai permitir a classe saber o seu estado serológico e tomar maiores cuidados preventivos.

Informou que as amostras colhidas serão enviadas para a devida  análise no  laboratório de Luanda e os resultados serão divulgados dentro de cinco a sete dias.

Rosa Ngula sublinhou  que no âmbito da testagem massiva, a   Comissão Multissectorial de Combate à Covid-19, no Cunene,   está a realizar testagem em quatro municípios da província, no quadro dos 360 testes disponíveis para Ombadja, Cuanhama 324, Namacunde 60 e Cahama com 100  respectivamente.

No período    Abril  até o dia 23 do mes em curso,   foram testados   cinco mil e 678 cidadãos,   a maioria se encontrava nos centros de quarentena institucionais.

A província do Cunene conta com sete centros de quarentena institucional que actualmente estão vazios. 

 

 

A província do Cunene conta com   204  casos positivos  da Covid-19, confirmados,    dos quais 141  activos, 61 recuperados e dois óbitos. 

Os profissionais são  da Televisão Pública de Angola (TPA), Rádio Nacional de Angola (RNA), Ecclesia, Agência Angola-Press (ANGOP).

Em declarações à Angop, a coordenadora da actividade e do laboratório da Covid-19 no Cunene,   Rosa Ngula, disse que a testagem vai permitir a classe saber o seu estado serológico e tomar maiores cuidados preventivos.

Informou que as amostras colhidas serão enviadas para a devida  análise no  laboratório de Luanda e os resultados serão divulgados dentro de cinco a sete dias.

Rosa Ngula sublinhou  que no âmbito da testagem massiva, a   Comissão Multissectorial de Combate à Covid-19, no Cunene,   está a realizar testagem em quatro municípios da província, no quadro dos 360 testes disponíveis para Ombadja, Cuanhama 324, Namacunde 60 e Cahama com 100  respectivamente.

No período    Abril  até o dia 23 do mes em curso,   foram testados   cinco mil e 678 cidadãos,   a maioria se encontrava nos centros de quarentena institucionais.

A província do Cunene conta com sete centros de quarentena institucional que actualmente estão vazios.