Covid-19: População do Pimbi recebe material de biossegurança

  • Ilustração do  Covid-19
Saurimo – A população do bairro Pimbi, município de Saurimo (Lunda Sul), beneficiou hoje, quarta-feira, de material de biossegurança, no âmbito das acções de prevenção contra a Covid-19.

O lote de material, entregue pelo administrador municipal de Saurimo, Neves Romão, é composto por máscara facial, álcool em gel, kits de material para o fabrico de sabão caseiro, entre outros meios, para melhor segurança dos cidadãos da referida localidade.

Na ocasião, o responsável aconselhou os cidadãos a cumprirem com as medidas de prevenção contra a pandemia da Covid-19, com destaque a lavagem das mãos, distanciamento físico e o uso obrigatório das máscaras.

Sublinhou que a administração municipal, em parceria com o Gabinete da Educação, continuará a levar acções de sensibilização nas comunidades sobre as medidas obrigatórias de biossegurança, para travar a propagação da doença.

“É a nossa missão contribuir, pois trata-se de um bairro que recebe diariamente centenas de comerciantes, vindos da província da Lunda Norte, para a aquisição de produtos como tomate e cebola", asseverou.

Naturalmente, apontou, esta troca comercial pode ser o caminho viável de transmissão do vírus.

O responsável informou que actividades do género vão estender-se  em todos bairros e comunas de Saurimo.

A Lunda Sul tem actualmente 21 infectados, destes, dois activos e 19 recuperados.

O município de Saurimo conta com uma população estimada em 442 mil 437 habitantes, o que representa 82 por cento da população da Lunda Sul.

O lote de material, entregue pelo administrador municipal de Saurimo, Neves Romão, é composto por máscara facial, álcool em gel, kits de material para o fabrico de sabão caseiro, entre outros meios, para melhor segurança dos cidadãos da referida localidade.

Na ocasião, o responsável aconselhou os cidadãos a cumprirem com as medidas de prevenção contra a pandemia da Covid-19, com destaque a lavagem das mãos, distanciamento físico e o uso obrigatório das máscaras.

Sublinhou que a administração municipal, em parceria com o Gabinete da Educação, continuará a levar acções de sensibilização nas comunidades sobre as medidas obrigatórias de biossegurança, para travar a propagação da doença.

“É a nossa missão contribuir, pois trata-se de um bairro que recebe diariamente centenas de comerciantes, vindos da província da Lunda Norte, para a aquisição de produtos como tomate e cebola", asseverou.

Naturalmente, apontou, esta troca comercial pode ser o caminho viável de transmissão do vírus.

O responsável informou que actividades do género vão estender-se  em todos bairros e comunas de Saurimo.

A Lunda Sul tem actualmente 21 infectados, destes, dois activos e 19 recuperados.

O município de Saurimo conta com uma população estimada em 442 mil 437 habitantes, o que representa 82 por cento da população da Lunda Sul.