Covid-19: Professores aconselhados a reforçarem mensagens de prevenção

  • Ilustracao Covid
Ondjiva - A governadora da província do Cunene, Gerdina Didalelwa, aconselhou, neste sábado, em Ondjiva, os professores a transmitirem regularmente mensagens sobre os métodos de prevenção contra a Covid-19.

A província do Cunene contabiliza 171 casos confirmados, com 138 activos, 31 recuperados e dois óbitos. Os casos estão localizados nos municípios do Cuanhama, Ombadja e Namacunde.

Ao falar no acto provincial antecipado alusivo o 22 de Novembro, Dia Nacional do Educador, Gerdina Didalelwa afirmou que os alunos são os melhores activistas na dessiminação de mensagens nas comunidades, razão pela qual os docentes devem apostar na contínua transmissão de conteúdos sobre à Covid-19 nas  salas de aulas.

Segundo a governante,  os professores devem consciencializar os alunos a cumprirem as medidas de biossegurança (uso da máscara, lavagem regular das mãos com água e sabão azul, desinfectar com álcool em gel e o distanciamento físico).

Explicou que o governo local e parceiros estão empenhados na criação de condições de biossegurança nas escolas, para mantê-las higienizadas, para que os alunos e professores se sintam mais seguros em relação ao vírus.

A governante destacou o papel do educador na sociedade, por desempenhar a missão de ensinar valores de boa educação e conhecimentos as novas gerações.

Gerdina Didalelwa sublinhou que a data deve servir de reflexão sobre os problemas que afectam o sector da educação e a criação das condições de acomodação e de trabalho que permitem a melhoria da qualidade de ensino e aprendizagem das crianças.

O acto, que decorreu na cidade de Ondjiva, ficou marcado com a premiação de quatro educadores já reformados. Cada um recebeu uma moto de três rodas e certificado de mérito, pelo empenho durante o exercício da profissão.

No ano lectivo 2020, o Gabinete Provincial da Educação no Cunene matriculou 235 mil e 107 distribuídos em 859 escolas, sendo 781 do ensino primário, 55 do I ciclo, 20 do seis do segundo ciclo, assegurados por seis mil 173 professores.