Huambo: Sindicalista defende campanhas de sensibilização nas escolas

  • Huambo: Vista Parcial da Avenida Amilcar Cabral
Huambo – O presidente da Federação dos sindicatos dos trabalhadores da Educação, Cultura, Desporto e Comunicação em Angola, Joaquim Laurindo, defendeu, sexta-feira, no Huambo, a intensificação das campanhas de sensibilização sobre as medidas de biossegurança nas escolas.

De acordo com o sindicalista, durante a tomada de posse dos responsáveis sindicais dos 11 municípios da província do Huambo, o reforço das medidas de prevenção nas escolas é fundamental para reduzir os contágios por Covid-19.

Joaquim Laurindo desafiou, por esta razão, os responsáveis sindicais a assumirem a dianteira do processo de mobilização nas escolas, por serem os locais que albergam todas as franjas da sociedade.

Por outro lado, Joaquim Laurindo lamentou a fraca participação feminina nos cargos de Direcção e Chefia dos sindicatos, uma situação que espera ver revertida, nos próximos dias, visando a equidade do género.

O responsável anunciou, para o mês de Fevereiro, a realização, nesta província, do congresso da organização, para a eleição dos novos dirigentes.

De acordo com o sindicalista, durante a tomada de posse dos responsáveis sindicais dos 11 municípios da província do Huambo, o reforço das medidas de prevenção nas escolas é fundamental para reduzir os contágios por Covid-19.

Joaquim Laurindo desafiou, por esta razão, os responsáveis sindicais a assumirem a dianteira do processo de mobilização nas escolas, por serem os locais que albergam todas as franjas da sociedade.

Por outro lado, Joaquim Laurindo lamentou a fraca participação feminina nos cargos de Direcção e Chefia dos sindicatos, uma situação que espera ver revertida, nos próximos dias, visando a equidade do género.

O responsável anunciou, para o mês de Fevereiro, a realização, nesta província, do congresso da organização, para a eleição dos novos dirigentes.