Covid-19: Síntese Nacional

  • The Covid-19 virus
Luanda - O quadro epidemiológico nacional voltou a alterar-se, até às 19 horas desta terça-feira, com o registo de 349 novas infecções, dois óbitos e 58 doentes recuperados da Covid-19.

Entre os novos casos, 229 foram registados em Luanda, 36 no Namibe, 34 em Benguela, 27 em Cabinda, 12 na Huíla, oito no Uíge, dois no Cunene e um caso no Zaire.

Uma criança de um ano de idade está entre os novos infectados pela Covid-19.

O grupo é composto de 238 pessoas do sexo masculino e 111 do sexo feminino, com idades que variam de 1 a 81 anos.

Os dois óbitos foram nas províncias de Luanda e de Cabinda, envolvendo pacientes com 76 e 78 anos.

Já os recuperados são residentes na província de Luanda.

Os laboratórios processaram 2.396 amostras na base da biologia molecular.

Em quarentena institucional estão 360 pessoas, sendo que 16 tiveram alta, dos quais nove em Luanda, cinco no Cuando Cubango, uma na Lunda Sul e igual número em Benguela.

As autoridades mantêm sob vigilância epidemiológica 4.671 pessoas, enquanto 3.641 estão a ser investigadas.

A Equipa de Saúde Mental e Intervenção Psico-social assistiu 396, sendo 10 utentes, quatro técnicos de saúde.

Neste período foram igualmente assistidas 239 famílias de utentes. Por sua vez, 63 pessoas recorreram à Linha de Apoio Psicó-social.

O Centro Integrado de Segurança Pública (CISP) recebeu 148 chamadas relacionadas com pedidos de informação sobre a Covid-19.

Nas unidades de tratamento estão 566 doentes internados.

Na tabela estatística sobre a pandemia em Angola consta 11.577 casos positivos,  com 291 óbitos, 5.230 recuperados e 6.056 activos.

Entre os activos, 16 estão críticos, com ventilação mecânica invasiva, 31 graves, 156 moderados, 361 apresentam sintomas leves e 5.230 são assintomáticos.

Entre os novos casos, 229 foram registados em Luanda, 36 no Namibe, 34 em Benguela, 27 em Cabinda, 12 na Huíla, oito no Uíge, dois no Cunene e um caso no Zaire.

Uma criança de um ano de idade está entre os novos infectados pela Covid-19.

O grupo é composto de 238 pessoas do sexo masculino e 111 do sexo feminino, com idades que variam de 1 a 81 anos.

Os dois óbitos foram nas províncias de Luanda e de Cabinda, envolvendo pacientes com 76 e 78 anos.

Já os recuperados são residentes na província de Luanda.

Os laboratórios processaram 2.396 amostras na base da biologia molecular.

Em quarentena institucional estão 360 pessoas, sendo que 16 tiveram alta, dos quais nove em Luanda, cinco no Cuando Cubango, uma na Lunda Sul e igual número em Benguela.

As autoridades mantêm sob vigilância epidemiológica 4.671 pessoas, enquanto 3.641 estão a ser investigadas.

A Equipa de Saúde Mental e Intervenção Psico-social assistiu 396, sendo 10 utentes, quatro técnicos de saúde.

Neste período foram igualmente assistidas 239 famílias de utentes. Por sua vez, 63 pessoas recorreram à Linha de Apoio Psicó-social.

O Centro Integrado de Segurança Pública (CISP) recebeu 148 chamadas relacionadas com pedidos de informação sobre a Covid-19.

Nas unidades de tratamento estão 566 doentes internados.

Na tabela estatística sobre a pandemia em Angola consta 11.577 casos positivos,  com 291 óbitos, 5.230 recuperados e 6.056 activos.

Entre os activos, 16 estão críticos, com ventilação mecânica invasiva, 31 graves, 156 moderados, 361 apresentam sintomas leves e 5.230 são assintomáticos.