Covid-19: Reclusos da Cadeia Luzia recebem primeira dose da vacina Astrazeneca

  • Lunda Sul: Reclusos da cadeia ´Luzia` tomam primeira vacina ´Astrazeneca`, foto, cedida
  • Director do Gabinete Provincial da Saúde na Lunda Sul,  Viegas de Almeida
Saurimo – Quatrocentos e seis reclusos do Estabelecimento Prisional do Luzia, na cidade de Saurimo, província da Lunda Sul, receberam, neste domingo, a primeira dose da vacina Astrazeneca, para a sua protecção contra a pandemia da Covid-19.

Em declarações à ANGOP, o coordenador-adjunto da comissão de resposta à Covid-19 na Lunda Sul, Viegas de Almeida, referiu que a vacina será extensiva aos demais reclusos, depois de serem submetidos  aos procedimentos  de cadastramento, aconselhamento, observação, validação, controlo e actualização de dados.

Explicou que os presos deixaram de ter contacto com o mundo exterior e com os seus parentes desde Março de 2020, no âmbito das medidas de protecção contra a Covid-19.

Actualmente estão controlados no Estabelecimento Prisional do Luzia 508 presos, entre detidos e condenados.

Em declarações à ANGOP, o coordenador-adjunto da comissão de resposta à Covid-19 na Lunda Sul, Viegas de Almeida, referiu que a vacina será extensiva aos demais reclusos, depois de serem submetidos  aos procedimentos  de cadastramento, aconselhamento, observação, validação, controlo e actualização de dados.

Explicou que os presos deixaram de ter contacto com o mundo exterior e com os seus parentes desde Março de 2020, no âmbito das medidas de protecção contra a Covid-19.

Actualmente estão controlados no Estabelecimento Prisional do Luzia 508 presos, entre detidos e condenados.