População de Cacolo vacinada contra a Covid-19

  • Vacinação contra a Covid-19
Saurimo - Quinhentos cidadãos do grupo alvo, no município do Cacolo, província da Lunda Sul, iniciaram hoje, quarta-feira, a tomar a primeira dose da vacina contra a Covid-19.

Numa primeira fase, serão vacinados apenas trabalhadores da Administração Municipal de Cacolo, autoridades tradicionais, idosos, profissionais de saúde, assim como efectivos dos órgãos de defesa e segurança.

A campanha de vacinação está a ser assegurada por 150 técnicos de saúde.

Ao intervir no acto de lançamento da campanha, o director do Gabinete Provincial da Saúde da Lunda Sul, Viegas de Almeida, tranquilizou os alistados sobre a eficácia da vacina.

Em raros casos, explicou, há pessoas que apresentam reacções adversas, mas que devem se manter calmas e cumprir com as orientações dos técnicos de saúde.

Fez saber que, depois de Cacolo, a campanha vai abranger os municípios do Muconda e Dala, onde serão vacinadas 500 pessoas em cada um.

Por sua vez, o administrador municipal de Cacolo, Adérito Cahanga, apelou aos cidadãos no sentido de aderir à campanha de vacinação.

O município de Cacolo foi a segunda região, depois de Saurimo, a registar casos positivos da Covid-19 na província da Lunda Sul.

Numa primeira fase, serão vacinados apenas trabalhadores da Administração Municipal de Cacolo, autoridades tradicionais, idosos, profissionais de saúde, assim como efectivos dos órgãos de defesa e segurança.

A campanha de vacinação está a ser assegurada por 150 técnicos de saúde.

Ao intervir no acto de lançamento da campanha, o director do Gabinete Provincial da Saúde da Lunda Sul, Viegas de Almeida, tranquilizou os alistados sobre a eficácia da vacina.

Em raros casos, explicou, há pessoas que apresentam reacções adversas, mas que devem se manter calmas e cumprir com as orientações dos técnicos de saúde.

Fez saber que, depois de Cacolo, a campanha vai abranger os municípios do Muconda e Dala, onde serão vacinadas 500 pessoas em cada um.

Por sua vez, o administrador municipal de Cacolo, Adérito Cahanga, apelou aos cidadãos no sentido de aderir à campanha de vacinação.

O município de Cacolo foi a segunda região, depois de Saurimo, a registar casos positivos da Covid-19 na província da Lunda Sul.