UNITA defende melhorias nos hospitais

Luanda – A UNITA defendeu esta terça-feira, em Luanda, o reforço das condições de trabalho nos hospitais do país, que registam, nos últimos dias, um aumento de casos de doença, sobretudo de malária.

Em nota, o partido recomenda que o Executivo reforce as verbas ao serviço do sector da Saúde, a fim de dar melhor resposta à pressão registada nas unidades sanitárias, sublinhando que o aumento de casos está a pôr em risco a vida de muitos cidadãos.

A solicitação da UNITA surge numa altura em que se regista o aumento de casos de malária, dengue e chikungunya, particularmente nas províncias de Luanda e de Benguela.

Dados oficiais referem que, anualmente, são reportados centenas de milhares de casos de malária no país, considerada a principal causa de morte em Angola.

Entretanto, a UNITA reconhece o enorme esforço dos médicos, enfermeiros e pessoal de saúde em Angola, para se reduzir os efeitos causados por esta situação.  

 

 

Em nota, o partido recomenda que o Executivo reforce as verbas ao serviço do sector da Saúde, a fim de dar melhor resposta à pressão registada nas unidades sanitárias, sublinhando que o aumento de casos está a pôr em risco a vida de muitos cidadãos.

A solicitação da UNITA surge numa altura em que se regista o aumento de casos de malária, dengue e chikungunya, particularmente nas províncias de Luanda e de Benguela.

Dados oficiais referem que, anualmente, são reportados centenas de milhares de casos de malária no país, considerada a principal causa de morte em Angola.

Entretanto, a UNITA reconhece o enorme esforço dos médicos, enfermeiros e pessoal de saúde em Angola, para se reduzir os efeitos causados por esta situação.