Cinco novos padres ordenados no Bengo

Caxito – Cinco novos padres e um diácono foram ordenados hoje, em Caxito, província do Bengo, durante uma celebração eucarística orientada pelo Bispo da Diocese de Caxito, Dom Maurício Agostinho Camuto.


Trata-se dos sacerdotes Belo Eduardo, da paróquia de Santa Maria Eufrásio (da Cimangola - Cacuaco) e João Bernardo, da paróquia Rainha Santa Isabel da Boa Esperança II (Kicolo).

Ainda Salvador Evaristo, da Missão paroquial da Santa Teresinha, Seita Pedro, da paróquia Rainha Santa Isabel ( Kicolo), Ulice Benjamim, da Igreja São João Baptista ( Cacuaco) e o diácono Wadilele Tavares, de São Tomé e Príncipe.

Na sua homilia, o bispo da Diocese de Caxito, Dom Maurício Agostinho Camuto, pediu aos sacerdotes ordenados a colocarem-se, doravante, ao serviço do Cristo, do evangelho e da igreja, se abstendo de outros interesses que não sejam aqueles de edificar o povo de Deus.

O prelado exortou aos cristãos a serem exemplo da sociedade para que se alcance os objectivos preconizados pelo criador.

No data em que a igreja Católica celebra o dia Mundial dos pobres, Dom Maurício Camuto apelou aos políticos a gizarem projectos exequíveis, que visam a redução do índice da pobreza na sociedade.

Este é a primeira vez que Dom Maurício Camuto ordena novos sacerdotes nas vestes de Bispo da Diocese de Caxito.

Com a ordenação dos cinco novos padres, a Diocese de Caxito, pertencente à igreja Católica, passa a contar com 16 sacerdotes, distribuídos em 18 paróquias e dois centros.

Assistiram a celebração eucarística de ordenações presbiterais a governadora provincial do Bengo, Mara Quiosa, Príncipe dos Dembos, António Salvador, membros do governo provincial, representantes das distintas congregações religiosas do Bengo e de Luanda.


Trata-se dos sacerdotes Belo Eduardo, da paróquia de Santa Maria Eufrásio (da Cimangola - Cacuaco) e João Bernardo, da paróquia Rainha Santa Isabel da Boa Esperança II (Kicolo).

Ainda Salvador Evaristo, da Missão paroquial da Santa Teresinha, Seita Pedro, da paróquia Rainha Santa Isabel ( Kicolo), Ulice Benjamim, da Igreja São João Baptista ( Cacuaco) e o diácono Wadilele Tavares, de São Tomé e Príncipe.

Na sua homilia, o bispo da Diocese de Caxito, Dom Maurício Agostinho Camuto, pediu aos sacerdotes ordenados a colocarem-se, doravante, ao serviço do Cristo, do evangelho e da igreja, se abstendo de outros interesses que não sejam aqueles de edificar o povo de Deus.

O prelado exortou aos cristãos a serem exemplo da sociedade para que se alcance os objectivos preconizados pelo criador.

No data em que a igreja Católica celebra o dia Mundial dos pobres, Dom Maurício Camuto apelou aos políticos a gizarem projectos exequíveis, que visam a redução do índice da pobreza na sociedade.

Este é a primeira vez que Dom Maurício Camuto ordena novos sacerdotes nas vestes de Bispo da Diocese de Caxito.

Com a ordenação dos cinco novos padres, a Diocese de Caxito, pertencente à igreja Católica, passa a contar com 16 sacerdotes, distribuídos em 18 paróquias e dois centros.

Assistiram a celebração eucarística de ordenações presbiterais a governadora provincial do Bengo, Mara Quiosa, Príncipe dos Dembos, António Salvador, membros do governo provincial, representantes das distintas congregações religiosas do Bengo e de Luanda.