Benguela: Acidentes de viação causam três mortes no prolongado

  • Acidente de viação
Benguela – Três pessoas morreram e dez outras ficaram gravemente feridas, em consequência de dez acidentes de viação registados durante o fim-de-semana prolongado, na província de Benguela, soube hoje a Angop.

Segundo o balanço do Comando Provincial da Polícia Nacional em Benguela, a que a Angop teve acesso, em relação a igual período de 2020 houve um aumento de cinco acidentes, sete feridos e de uma morte, respectivamente.

Entre os acidentes destacam-se colisões entre motociclos, viaturas, atropelamentos e colisão contra obstáculo fixo.

O excesso de velocidade, segundo a nota, estará na base dos referidos acidentes, sendo os municípios de Benguela e do Lobito os que mais casos registaram, com cinco e dois, respectivamente.

Ainda no âmbito da fiscalização do trânsito, foram detidos quatro cidadãos alegada condução em estado de embriaguês.

Quanto a criminalidade, foram registados no período em referência 23 crimes diversos, com seis casos esclarecidos e sete cidadãos detidos por suposto envolvimento nos referidos delitos.

Foram registados 15 crimes contra propriedade, sete casos de ofensas corporais e um contra ordem e tranquilidade pública, lê-se no documento.

Constituíram factos relevantes, o asassinato de um menor de quatro anos de idade com recurso a uma faca, praticado por indivíduos ainda desconhecidos. A PN já trabalha no caso, para apurar as reais causas e o autor ou autores desse homícidio voluntário.

Na mesma senda, foi detido um cidadão de nacionalidade chinesa, de 45 anos de idade, por alegadamente ter violado sexualmente uma menor de 12 anos, no bairro da Caponte, Lobito.

Benguela e Lobito foram igualmente os municípios com mais crimes registados, com dez e cinco casos, respectivamente.

Segundo o balanço do Comando Provincial da Polícia Nacional em Benguela, a que a Angop teve acesso, em relação a igual período de 2020 houve um aumento de cinco acidentes, sete feridos e de uma morte, respectivamente.

Entre os acidentes destacam-se colisões entre motociclos, viaturas, atropelamentos e colisão contra obstáculo fixo.

O excesso de velocidade, segundo a nota, estará na base dos referidos acidentes, sendo os municípios de Benguela e do Lobito os que mais casos registaram, com cinco e dois, respectivamente.

Ainda no âmbito da fiscalização do trânsito, foram detidos quatro cidadãos alegada condução em estado de embriaguês.

Quanto a criminalidade, foram registados no período em referência 23 crimes diversos, com seis casos esclarecidos e sete cidadãos detidos por suposto envolvimento nos referidos delitos.

Foram registados 15 crimes contra propriedade, sete casos de ofensas corporais e um contra ordem e tranquilidade pública, lê-se no documento.

Constituíram factos relevantes, o asassinato de um menor de quatro anos de idade com recurso a uma faca, praticado por indivíduos ainda desconhecidos. A PN já trabalha no caso, para apurar as reais causas e o autor ou autores desse homícidio voluntário.

Na mesma senda, foi detido um cidadão de nacionalidade chinesa, de 45 anos de idade, por alegadamente ter violado sexualmente uma menor de 12 anos, no bairro da Caponte, Lobito.

Benguela e Lobito foram igualmente os municípios com mais crimes registados, com dez e cinco casos, respectivamente.