Bié aprova Plano Estratégico da Juventude 2021-2022

Cuito – O Governo da Província do Bié aprovou nesta segunda-feira o Plano Estratégico da Juventude 2021-2022,  que visa apoiar os jovens na materialização de alguns dos seus problemas nas mais diversas áreas.

Elaborado pelo Gabinete Provincial da Cultura, Turismo e Juventude e Desportos, com apoio do Programa de Apoio à Proteção Social (APROSOC),  o documento foi aprovado durante a II Sessão Ordinária, decorrida na cidade do Cuito, sob presidência do governador Pereira Alfredo.

O Plano Estratégico Provincial vai incidir-se nas áreas de oportunidades económicas e empreendedorismo, educação, formação técnico profissional, desporto, cultura, lazer e tempos livres, saúde e qualidade de vida, diálogo e desenvolvimento local.

Terá como suporte os programas de Apoio à Produção, Diversificação das Exportações e Substituição das Importações (PRODESI), Fundo Activo de Capital de Riscos Angolanos (FACRA), Plano de Acção para a Promoção da Empregabilidade (PAPE), Programa de Desenvolvimento Local de Combate à Pobreza (PDLCP), bem como outros instrumentos apoiados pelo Governo e ONGs.

Durante o encontro, entre outros assuntos, os membros à II Sessão ordinária do Governo foram informados sobre ponto de situação da covid-19 na província, que conta actualmente com um registo de 251 casos confirmados, dentre os quais 16 activos, 232 recuperados e três óbitos.

Neste particular, reiterou-se o apelo à sociedade no cumprimento rigoroso das medidas de biossegurança, já que continua a se verificar aglomeração de pessoas em locais de convívios e o não uso de máscaras, situação que preocupa os órgãos de defesa e segurança pública.

Os membros foram ainda esclarecidos sobre a estiagem registada na primeira época da campanha agrícola, com uma área afectada de 38.448,7 hectares de cultura de milho e feijão, tendo sido recomendado os departamentos afins a elaborarem estudos de represas para a conservação das águas, por formas a se ter uma agricultura sustentável.

Elaborado pelo Gabinete Provincial da Cultura, Turismo e Juventude e Desportos, com apoio do Programa de Apoio à Proteção Social (APROSOC),  o documento foi aprovado durante a II Sessão Ordinária, decorrida na cidade do Cuito, sob presidência do governador Pereira Alfredo.

O Plano Estratégico Provincial vai incidir-se nas áreas de oportunidades económicas e empreendedorismo, educação, formação técnico profissional, desporto, cultura, lazer e tempos livres, saúde e qualidade de vida, diálogo e desenvolvimento local.

Terá como suporte os programas de Apoio à Produção, Diversificação das Exportações e Substituição das Importações (PRODESI), Fundo Activo de Capital de Riscos Angolanos (FACRA), Plano de Acção para a Promoção da Empregabilidade (PAPE), Programa de Desenvolvimento Local de Combate à Pobreza (PDLCP), bem como outros instrumentos apoiados pelo Governo e ONGs.

Durante o encontro, entre outros assuntos, os membros à II Sessão ordinária do Governo foram informados sobre ponto de situação da covid-19 na província, que conta actualmente com um registo de 251 casos confirmados, dentre os quais 16 activos, 232 recuperados e três óbitos.

Neste particular, reiterou-se o apelo à sociedade no cumprimento rigoroso das medidas de biossegurança, já que continua a se verificar aglomeração de pessoas em locais de convívios e o não uso de máscaras, situação que preocupa os órgãos de defesa e segurança pública.

Os membros foram ainda esclarecidos sobre a estiagem registada na primeira época da campanha agrícola, com uma área afectada de 38.448,7 hectares de cultura de milho e feijão, tendo sido recomendado os departamentos afins a elaborarem estudos de represas para a conservação das águas, por formas a se ter uma agricultura sustentável.