Justiça em Cabinda trava fraude na emissão de BI

  • Tribunal da Comarca de Cabinda
Cabinda – Doze cidadãos estrangeiros que tentavam adquirir, por via da fraude, o Bilhete de Identidade nos serviços de Identificação Civil e Conservatória dos Registos Civil foram detidos pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC).

O sector de identificação em Cabinda criou equipas que incluem secretários e coordenadores de bairros, especialistas do Serviço de Migração e Estrangeiros (SME) e funcionários da instituição, que têm ajudado na detenção das fraudes.

O delegado provincial da Justiça e dos Direitos Humanos em Cabinda,  Maximiano Baptista da Cruz, disse que esse mecanismo foi adoptado para impedir essas práticas ilegais.

Dados oficiais indicam que de Novembro de 2019 até à primeira quinzena de Agosto deste ano foram feitos 96 mil 787 registos e emitidos 84 mil 144 bilhetes de identidade.

 

O sector de identificação em Cabinda criou equipas que incluem secretários e coordenadores de bairros, especialistas do Serviço de Migração e Estrangeiros (SME) e funcionários da instituição, que têm ajudado na detenção das fraudes.

O delegado provincial da Justiça e dos Direitos Humanos em Cabinda,  Maximiano Baptista da Cruz, disse que esse mecanismo foi adoptado para impedir essas práticas ilegais.

Dados oficiais indicam que de Novembro de 2019 até à primeira quinzena de Agosto deste ano foram feitos 96 mil 787 registos e emitidos 84 mil 144 bilhetes de identidade.