Chipindo ganha complexo residencial administrativo

  • Bié: Lançamento da obra de construção do Complexo Administrativo do Chipindo
Chipindo – A primeira pedra para a construção de um complexo residencial e administrativo autárquico no município do Chipindo, província da Huíla, para albergar os funcionários da administração local, foi lançada sábado, no âmbito do Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM).

A construção do edifício de dois pisos terá a duração de 18 meses e está orçada em 941 milhões e 250 mil kwanzas.

Comportam a infra-estrutura 20 apartamentos do tipo T1 e T2, salas de reuniões, entre outras divisões, cuja empreitada foi adjudicada à empresa Tuamutunga.

O administrador local, Hélder Lourenço, que fez o lançamento da pedra, apelou aos empreiteiros no sentido de honrarem com os compromissos, cumprindo com os prazos estabelecidos nos contratos.

Na sua óptica, a infra-estrutura do complexo residencial e administrativo autárquico vai melhorar a imagem arquitectónica da circunscrição.

O município do Chipindo conta ainda com outros nove projectos sociais inscritos no PIIM, avaliados em mais de três mil milhões de kwanzas, com realce para a construção de duas escolas, reabilitação e ampliação do hospital municipal, bem como a construção de uma unidade policial.

A construção do edifício de dois pisos terá a duração de 18 meses e está orçada em 941 milhões e 250 mil kwanzas.

Comportam a infra-estrutura 20 apartamentos do tipo T1 e T2, salas de reuniões, entre outras divisões, cuja empreitada foi adjudicada à empresa Tuamutunga.

O administrador local, Hélder Lourenço, que fez o lançamento da pedra, apelou aos empreiteiros no sentido de honrarem com os compromissos, cumprindo com os prazos estabelecidos nos contratos.

Na sua óptica, a infra-estrutura do complexo residencial e administrativo autárquico vai melhorar a imagem arquitectónica da circunscrição.

O município do Chipindo conta ainda com outros nove projectos sociais inscritos no PIIM, avaliados em mais de três mil milhões de kwanzas, com realce para a construção de duas escolas, reabilitação e ampliação do hospital municipal, bem como a construção de uma unidade policial.