Cidadela Jovens do Sucesso em construção no Bailundo

Bailundo – Um centro de formação técnico-profissional, denominado “Cidadela Jovens do Sucesso” começou a ser construído, esta quarta-feira, no município do Bailundo (Huambo), para albergar crianças desfavorecidas e prepará-las para a vida social e o mercado de trabalho.

Com uma área de oito hectares, a infra-estrutura em construção nos arredores da vila municipal do Bailundo, com investimento de acima de um milhão de dólares norte-americanos, deverá estar concluída em 2022.

O empreendimento comporta, entre outro, uma escola, dormitórios, residências dos trabalhadores, área administrativa, oficinas, aviários de pintos e poedeiras.

A ministra da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social, Teresa Rodrigues Dias, procedeu ao lançamento da primeira pedra, que simboliza o arranque oficial da empreitada.

A propósito, o director-geral do Instituto Nacional de Emprego e Formação Profissional (INEFOP), Manuel Mbangui, em declarações à imprensa, informou que o projecto prevê formar 475 jovens ano, dos quais 120 em regime de internato.

Explicou que vai proporcionar cursos técnico-profissional na área da agricultura, bem como a vertente formativa académica, para que no final, os beneficiários, sejam certificados nas duas áreas.

Por sua vez, a governadora provincial do Huambo, Lotti Nolika, realçou que a entrada em funcionamento da Cidadela Jovens do Sucesso reputa-se como uma importante infra-estrutura para a dinamização da formação técnico-profissional e, ao mesmo tempo, potenciar os jovens locais para a vida económico-social.

Empreendimentos do género foram, igualmente, construídos nas provinciais de Cabinda, Luanda, Huíla, Malanje e Moxico.

Paralelamente a governante procedeu ainda na vila municipal do Bailundo, 75 quilómetros da cidade do Huambo, ao lançamento do Plano de Acção de Promoção de Empregabilidade.

O programa da visita de trabalho de dois dias a esta província prevê, também, a colocação da primeira pedra para a construção do primeiro CINFOTEC-Huambo, além de visitas de constatação aos serviços tutelados pelo MAPTSS.

 

Com uma área de oito hectares, a infra-estrutura em construção nos arredores da vila municipal do Bailundo, com investimento de acima de um milhão de dólares norte-americanos, deverá estar concluída em 2022.

O empreendimento comporta, entre outro, uma escola, dormitórios, residências dos trabalhadores, área administrativa, oficinas, aviários de pintos e poedeiras.

A ministra da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social, Teresa Rodrigues Dias, procedeu ao lançamento da primeira pedra, que simboliza o arranque oficial da empreitada.

A propósito, o director-geral do Instituto Nacional de Emprego e Formação Profissional (INEFOP), Manuel Mbangui, em declarações à imprensa, informou que o projecto prevê formar 475 jovens ano, dos quais 120 em regime de internato.

Explicou que vai proporcionar cursos técnico-profissional na área da agricultura, bem como a vertente formativa académica, para que no final, os beneficiários, sejam certificados nas duas áreas.

Por sua vez, a governadora provincial do Huambo, Lotti Nolika, realçou que a entrada em funcionamento da Cidadela Jovens do Sucesso reputa-se como uma importante infra-estrutura para a dinamização da formação técnico-profissional e, ao mesmo tempo, potenciar os jovens locais para a vida económico-social.

Empreendimentos do género foram, igualmente, construídos nas provinciais de Cabinda, Luanda, Huíla, Malanje e Moxico.

Paralelamente a governante procedeu ainda na vila municipal do Bailundo, 75 quilómetros da cidade do Huambo, ao lançamento do Plano de Acção de Promoção de Empregabilidade.

O programa da visita de trabalho de dois dias a esta província prevê, também, a colocação da primeira pedra para a construção do primeiro CINFOTEC-Huambo, além de visitas de constatação aos serviços tutelados pelo MAPTSS.