Comuna de Caculo Cahango beneficia de água potável

Luanda - A comuna de Caculo Cahango, município de Icolo e Bengo, em Luanda, beneficia de água em Novembro do ano em curso, com a entrada em funcionamento de um novo sistema de captação e tratamento de água potável.

A constatação foi feita  hoje, terça-feira, pela governadora provincial de Luanda, Ana Paula de Carvalho durante uma visita ao município de Icolo e Bengo para verificar o grau de execução dos 10  projectos sociais na circunscrição.
 
A obra com duração de 120 dias e com a capacidade de produzir 35 metros cúbicos de água por dia, está a ser instalada junto de uma nascente natural onde foram feitos furos com sete metros de profundidade, incluindo a construção de chafarizes e lavandarias para atender 846 moradores do povoado de Caculo Cahango, numa primeira fase.

Na mesma localidade a governadora visitou um posto de saúde,
enquanto em Catete cerificou o comando municipal da polícia de Icolo e Bengo que  foi reabilitado e ampliado  pelo Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM).

 A governante visitou igualmente as obras do Instituto Médio Agrário abandonadas na aldeia de Honga Zanga há quase 15 anos e a escola de 12 salas de aulas em   Quissenbe, na comuna de Cassoneca, paralisadas há mais de um ano.

Ana Paula de Carvalho visitou ainda o Hospital Municipal de Catete, com realce para as obras da morgue que estão  90 por cento concluídas.

A constatação foi feita  hoje, terça-feira, pela governadora provincial de Luanda, Ana Paula de Carvalho durante uma visita ao município de Icolo e Bengo para verificar o grau de execução dos 10  projectos sociais na circunscrição.
 
A obra com duração de 120 dias e com a capacidade de produzir 35 metros cúbicos de água por dia, está a ser instalada junto de uma nascente natural onde foram feitos furos com sete metros de profundidade, incluindo a construção de chafarizes e lavandarias para atender 846 moradores do povoado de Caculo Cahango, numa primeira fase.

Na mesma localidade a governadora visitou um posto de saúde,
enquanto em Catete cerificou o comando municipal da polícia de Icolo e Bengo que  foi reabilitado e ampliado  pelo Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM).

 A governante visitou igualmente as obras do Instituto Médio Agrário abandonadas na aldeia de Honga Zanga há quase 15 anos e a escola de 12 salas de aulas em   Quissenbe, na comuna de Cassoneca, paralisadas há mais de um ano.

Ana Paula de Carvalho visitou ainda o Hospital Municipal de Catete, com realce para as obras da morgue que estão  90 por cento concluídas.