Malanje regista 11 óbitos por Covid-19

  • Primeiro secretário provincial de Malanje do MPLA, Norberto dos Santos "Kwata Kanawa"
Malanje - Onze pessoas morreram de Covid-19, na província de Malanje, desde o registo do primeiro caso da doença, em Agosto de 2020.

Até ao momento a província registou 373 casos, entre os quais 24 activos, 338 recuperados e os 11 óbitos.

A informação consta do comunicado da 53ª sessão ordinária do secretariado da Comissão Executiva do MPLA, realizada sexta-feira, orientada pelo primeiro secretário provincial, Norberto dos Santos “Kwata Kanawa”.

De acordo com o documento, foram realizados na província, nove mil 506 testes de Covid-19, que resultaram em nove mil 133 negativos, aguardando-se a chegada de um novo abastecimento de vacinas, para dar sequência a campanha de vacinação contra a doença.

A província de Malanje já recebeu 14 mil 430 doses da vacina Astrazeneca, que permitiu administrar a primeira dose, no período de 12 de Abril a 22 de Maio do ano em curso.

Para a segunda dose, a província recebeu 13 mil doses, administradas entre 25 de Maio e 25 de Junho.

A reunião do MPLA analisou o plano de realização da campanha de crescimento do partido 2020/22, a calendarização das conferências comunais e municipais, para Agosto próximo, e informações sobre a execução do PIIM (Plano Integrado de Intervenção nos Municípios) e sobre a situação epidemiológica da Covid-19.

Até ao momento a província registou 373 casos, entre os quais 24 activos, 338 recuperados e os 11 óbitos.

A informação consta do comunicado da 53ª sessão ordinária do secretariado da Comissão Executiva do MPLA, realizada sexta-feira, orientada pelo primeiro secretário provincial, Norberto dos Santos “Kwata Kanawa”.

De acordo com o documento, foram realizados na província, nove mil 506 testes de Covid-19, que resultaram em nove mil 133 negativos, aguardando-se a chegada de um novo abastecimento de vacinas, para dar sequência a campanha de vacinação contra a doença.

A província de Malanje já recebeu 14 mil 430 doses da vacina Astrazeneca, que permitiu administrar a primeira dose, no período de 12 de Abril a 22 de Maio do ano em curso.

Para a segunda dose, a província recebeu 13 mil doses, administradas entre 25 de Maio e 25 de Junho.

A reunião do MPLA analisou o plano de realização da campanha de crescimento do partido 2020/22, a calendarização das conferências comunais e municipais, para Agosto próximo, e informações sobre a execução do PIIM (Plano Integrado de Intervenção nos Municípios) e sobre a situação epidemiológica da Covid-19.