Antigos combatentes ganham lotes de terra

Dondo - Cinquenta pensionistas assistidos pela Secção Municipal dos Antigos Combates e Veteranos da Pátria do de Cambambe, província do Cuanza Norte, começaram a beneficiar desde hoje, quarta-feira, de lotes de terra para construção de residências.

Os lotes estão localizados na zona habitacional do 10 de Agosto, junto à estrada nacional número 230, no sentido Luanda-Dondo, sendo que o processo de distribuição de terrenos vai decorrer de forma gradual até finais de Dezembro, deste ano. 

De acordo com o responsável municipal dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria de Cambambe, Joaquim Tucula, a distribuição gratuita de parcelas de terra, se insere num projecto de auto-construção dirigida, promovida pela administração local.

Referiu que os terrenos disponibilizados visam contribuir para a melhoria das condições de habitabilidade desta camada da população.

No município de Cambambe estão registados 149 pensionistas, entre antigos combatentes, deficientes de guerra, viúvas, ascendentes, bem como órfãos de combatentes e veteranos da pátria.

No quadro do programa de fomento habitacional, o Governo Provincial do Cuanza Norte está a realizar trabalhos de infra-estruturação de dois mil 945 lotes, no quilómetro 11, periferia da cidade de Ndalatando (capital da província do Cuanza Norte).

Em Ndalatando, os terrenos serão distribuídos a cidadãos mediante a uma comparticipação financeira, mas os indivíduos que se encontram em áreas de risco vão receber essas parcelas de terra de forma gratuita.

 

Os lotes estão localizados na zona habitacional do 10 de Agosto, junto à estrada nacional número 230, no sentido Luanda-Dondo, sendo que o processo de distribuição de terrenos vai decorrer de forma gradual até finais de Dezembro, deste ano. 

De acordo com o responsável municipal dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria de Cambambe, Joaquim Tucula, a distribuição gratuita de parcelas de terra, se insere num projecto de auto-construção dirigida, promovida pela administração local.

Referiu que os terrenos disponibilizados visam contribuir para a melhoria das condições de habitabilidade desta camada da população.

No município de Cambambe estão registados 149 pensionistas, entre antigos combatentes, deficientes de guerra, viúvas, ascendentes, bem como órfãos de combatentes e veteranos da pátria.

No quadro do programa de fomento habitacional, o Governo Provincial do Cuanza Norte está a realizar trabalhos de infra-estruturação de dois mil 945 lotes, no quilómetro 11, periferia da cidade de Ndalatando (capital da província do Cuanza Norte).

Em Ndalatando, os terrenos serão distribuídos a cidadãos mediante a uma comparticipação financeira, mas os indivíduos que se encontram em áreas de risco vão receber essas parcelas de terra de forma gratuita.